João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo lança campanha, entrega créditos e aparelhos do SOS Mulher

sexta-feira, 7 de março de 2014 - 17:23 - Fotos:  José Marques / Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho entregou, na manhã desta sexta-feira (7), no Palácio da Redenção, os aparelhos do Programa SOS Mulher, um dispositivo de alerta que protegerá mulheres ameaçadas de morte, e cheques do Empreender PB no valor de R$ 312 mil para 128 empreendedoras. A entrega aconteceu durante o lançamento da campanha “O Governo da Paraíba trabalha para que todo dia seja o dia das mulheres” em comemoração ao 8 de Março – Dia Internacional da Mulher. Na ocasião, foi assinado um protocolo de intenções entre a Secretaria de Segurança e Defesa Social e a Defensoria Pública para instalação de postos da Defensoria nas nove delegacias das mulheres na Paraíba.

Ainda durante a solenidade, foi lançada a programação alusiva ao Dia das Mulher, que será desenvolvida neste mês de março. São mais de 50 ações e envolverá atividades nas áreas de saúde e cultura com atendimento em delegacias itinerantes em João Pessoa, feira de artesanato, feiras de cidadania e também shows em Campina Grande e Cajazeiras, em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

O governador Ricardo Coutinho afirmou que o Estado continua implementando um política pública focada na defesa dos direitos das mulheres durante todo o ano e não apenas no mês de março. Ele destacou a conquista do SOS Mulher com a entrega dos aparelhos com dispositivos de alerta para o socorro a mulheres ameaçadas de violência. “Também estamos desenvolvendo uma política de inclusão produtiva com a liberação de mais R$ 312 mil em créditos dentro do Empreender Mulher”, completou Ricardo.

O secretário de Segurança do Estado, Cláudio Lima, fez uma apresentação sobre o funcionamento do SOS Mulher e da utilização dos dispositivos de segurança integrados a uma rede de proteção à mulher vítima de ameaças ou violências. Ele ressaltou que por dois anos consecutivos a Paraíba vem registrando uma redução nos homicídios contra mulheres, chegando a quase 20% entre os anos 2011 e 2013, graças a uma política arrojada de educação e de proteção. “Com esses equipamentos temos a certeza que teremos a condição de diminuir ainda mais a ocorrência desses crimes”, observou.

A secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares, informou que o Governo do Estado já investiu mais de R$ 4 milhões em ações de enfrentamento à violência contra a mulheres que serão apresentadas durante a semana. Ela afirmou que os celulares com dispositivos de alerta e rastreamento ficarão sob responsabilidade das delegacias da mulher que distribuirão para aquelas que estejam ameaçadas de morte e que, assim, poderão acionar a Polícia Militar em caso de situação de perigo.

Empreender PB – Das 128 empreendedoras atendidas pela linha de crédito Empreender Mulher, 114 pertencem a três municípios paraibanos. Do Conde 21 beneficiadas receberam R$ 42 mil, de Dona Inês, as 36 atendidas contam agora com o total de R$ 72 mil para os seus investimentos e mais 43 empreendedoras de João Pessoa receberam créditos no valor total de R$ 86 mil. Ainda foram contempladas 14 cooperadas do Centro Holístico da Mulher (Afya), com investimentos na ordem de R$ 112.487,00.

O governador Ricardo Coutinho entregou os primeiros cheques do Empreender a senhora Severina Silveira, do Conde; a Michele da Silva, de Dona Inês; e Rita de Cássia, de João Pessoa, que é cadeirante e há 15 anos costura. “Nós estamos atentos ao longo de todo o ano, nessa parceria com a Secretaria da Mulher, para acolher as que recorrem aos benefícios, e estão dentro do perfil da linha de crédito específica (Empreender Mulher). Mais de 460 mulheres já foram contempladas”, afirmou o secretário executivo do Empreender PB, Tárcio Handel Pessoa.

Beneficiadas – Ana Fabíola de Albuquerque, do bairro Castelo Branco, oferece em domicílio o trabalho de profissional de estética e beleza. Com o crédito ela pretende investir na compra de produtos especializados para apresentar aos clientes. Já Paula Bernardo Gomes tem uma pizzaria há oito anos no bairro e com o investimento quer melhorar as condições físicas do local para atender o público e aumentar sua lucratividade.

Entre as contempladas, a empreendedora Rita de Cássia Araújo, que é cadeirante e há 15 anos costura artigos para casa, cama, mesa e banho. “Estou precisando de uma máquina adaptada para melhorar meu rendimento nas confecções, com esse incentivo sei que vou ainda mais longe nos meus negócios”, completou emocionada.

Mulher – A Linha de Crédito Empreender Mulher foi criada para atender exclusivamente mulheres em situação de violência ou vulnerabilidade social, e para as que são organizadas em grupos, associações e cooperativas. As interessadas em receber incentivos do Programa devem fazer parte de grupo de mulheres, ou organizações assistidas pela Semdh. Elas devem ser maiores de 18 anos e morar há pelo menos seis meses no estado, e se fizer parte de grupos organizados devem estar registradas há, no mínimo, seis meses.