João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo inaugura Hospital de Traumatologia e Ortopedia

quinta-feira, 26 de setembro de 2013 - 09:33 - Fotos:  Roberto Guedes/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho inaugura, nesta quinta-feira (26), o Hospital de Traumatologia e Ortopedia da Paraíba (HTOP). A unidade vai funcionar em João Pessoa e terá 93 leitos. Foram investidos R$ 2 milhões para adequações do ambiente, equipamentos e capacitação de pessoal. O hospital será o primeiro do Estado com perfil exclusivo de suporte e retaguarda a outro hospital de maior complexidade, que é o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

O HTOP tem o objetivo de melhorar o fluxo de entrada de pacientes na emergência, UTI e enfermarias do Hospital de Trauma da Capital. Terá uma estrutura composta por dez leitos de UTI adulto, 83 leitos de enfermaria para pacientes de ortopedia e clínica médica.

O hospital ainda terá duas salas cirúrgicas completas, uma área de transição de pacientes (ATP) para admissão em enfermarias e outra de alta hospitalar. A unidade vai disponibilizar uma ala com suítes para pacientes mais vulneráveis, como idosos e pessoas com necessidades especiais.

O novo hospital terá oito consultórios para atendimentos de usuários submetidos a procedimentos cirúrgicos, em ambas as instituições, nas diversas especialidades. Um centro de diagnóstico por imagem, um aparelho de hemodinâmica completo para exames de angiografias, uma sala de raio x, uma área de gesso, refeitório com capacidade para 900 refeições diárias, ambiente para acolhimento familiar, sala de espera, duas farmácias, espaços destinados aos setores de serviço social, psicologia, fisioterapia, enfermagem e prescrição médica e duas recepções para pacientes e familiares.

O secretário de Estado da Saúde, Waldson Souza, destacou que o hospital vai diminuir o tempo de internação de pacientes que necessitem de um tratamento cirúrgico eletivo. “Além disso, a unidade vai contribuir para organizar a rede de urgência e emergência da Primeira Macro Região de Saúde, considerando as pactuações realizadas entre a Secretaria de Estado da Saúde e o Ministério da Saúde, por meio do Programa SOS Emergências, onde o Hospital de Emergência e Trauma está situado entre as 40 unidades hospitalares do país”, disse Waldson Souza.

A proposta é oferecer atendimento exclusivo aos pacientes que derem entrada na urgência e emergência do Hospital de Trauma, sendo porta fechada para demandas espontâneas, ou seja, os pacientes continuarão sendo atendidos normalmente no Trauma e de lá, caso seja necessário, serão encaminhados ao HTOP, onde farão exames pré-cirúrgicos e serão submetidos aos procedimentos necessários.

A expectativa inicial é que sejam realizadas cerca de 250 cirurgias eletivas de ortopedia por mês. Os procedimentos ocorrerão de segunda a sábado no período diurno. Já nos ambulatórios de egressos, a previsão é de mais de 1,5 mil atendimentos por mês, nas diversas especialidades, sendo a maioria em ortopedia.