João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo inaugura Espaço Viver Bem voltado ao atendimento de policiais militares  

terça-feira, 23 de agosto de 2016 - 16:22 - Fotos: 

O governador Ricardo Coutinho inaugurou, nesta terça-feira (23), o Espaço Viver Bem, em João Pessoa, que é voltado ao atendimento à saúde física e mental dos policiais militares e seus dependentes (esposa e cônjuges), promovendo mais qualidade de vida para os profissionais. O local oferece serviços nas áreas de assistência social, psicologia, psiquiatria, nutrição e fonoaudiologia. Na ocasião, ainda foram entregues uma ambulância de suporte avançado e duas viaturas que representam um investimento de mais de R$ 200 mil com recursos do Governo do Estado e Fundo de Saúde da Polícia Militar.

Durante a solenidade, houve a entrega de 34 medalhas e láureas em reconhecimento ao trabalho desenvolvido por policiais e profissionais da área da saúde que se destacaram no exercício de suas funções. “A Paraíba implantou uma política de segurança e estamos avançando no caminho certo, mas além de cuidar da sociedade precisamos também olhar pela saúde dos nossos policiais, criando condições para que tenham a cobertura física e psicológica adequada. Esse espaço visa promover um atendimento qualificado para estes profissionais que têm uma rotina tão estressante e com uma sobrecarga emocional muito forte. O que era oferecido antes estava descentralizado, agora os policiais encontram diversas especialidades em um só local. Isto representa um avanço que vai influenciar de forma positiva no desempenho do trabalho dos policiais militares”, disse o governador.

Ricardo também lembrou que, na última terça-feira (16), o Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho recebeu mais de R$ 1 milhão de investimentos em equipamentos. “Entregamos na semana passada, um aparelho de raios-X digital, uma termodesinfectora e uma lavadora extratora para o Edson Ramalho. Estes equipamentos vão trazer mais agilidade e qualidade no atendimento daquele Hospital da Polícia Militar”, comentou.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, destacou que o Espaço Viver Bem era uma necessidade dos profissionais da área. “Este espaço representa a conjugação de papéis importantes no cuidado preventivo das pessoas que fazem parte da corporação. Aqui tem atendimentos diversos que vão contribuir de forma essencial para o bom desempenho das nossas funções. Além disso, houve a entrega da ambulância que vai nos dar suporte em operações e outras ações da PM”, disse.

“Esse Espaço Viver Bem é um passo fundamental na atenção à saúde e está integrado com profissionais da nossa secretaria, nesta parceria entre setores para proporcionar mais qualidade de vida aos policiais militares. Também auxiliamos o crescimento do Hospital da Polícia Militar Edson Ramalho que faz parte da rede do sistema de saúde e tem um papel importante nesta área”, disse a secretária da Saúde, Roberta Abath.

O Espaço Viver Bem vai atender uma média de 300 pessoas por mês e visa promover a psicoeducação, assistência social e atendimento biopsicossocial do policial militar. “Esse ambiente vem aglutinar uma equipe multiprofissional, com psicólogos, psiquiatras, nutricionistas, entre outros, para atender os policiais militares, seus filhos e cônjuges. Fazemos acolhimento dos profissionais que estão em situação mais vulneráveis, acompanhamento terapêutico e medicamentoso, além de outras assistências. Esta é a primeira unidade do Espaço Viver Bem em João Pessoa, sendo um ambiente neutro, onde a equipe trabalha à paisana para que o bem maior seja o ser humano que está por trás da farda”, ressaltou a diretora do Centro de Assistência Psicológica da Polícia Militar, capitã Ticiana de Lima Soares.

“Estamos dando nossa contribuição neste espaço que tem uma importância significativa. Os efeitos advindos do trabalho feito aqui refletem em primeiro lugar na relação com a família, também torna o policial mais humanizado e valorizado. O Espaço Viver Bem tem o poder de amenizar a pressão do exercício diário da função do policial militar”, ressaltou o assistente social, major Wellington Meireles.