Fale Conosco

12 de dezembro de 2012

Ricardo inaugura Centro de Referência da Mulher Fátima Lopes



O governador Ricardo Coutinho inaugura nesta quarta-feira (12) mais um equipamento para enfrentamento da violência contra a mulher na Paraíba. O Centro de Referência da Mulher Fátima Lopes, em Campina Grande, será entregue às 10h e vai beneficiar as mulheres vítimas da violência do Compartimento da Borborema.

A secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Iraê Lucena, informou que o Centro de Referência da Mulher Fátima Lopes vai contar com uma equipe multiprofissional para oferecer atendimento e assistência à mulher vítima de violência. No local, serão oferecidos acompanhamento psicológico e social, acolhida, além de orientação jurídica às mulheres em situação de violência, seja sexual, patrimonial, moral, física, psicológica; tráfico de mulheres, assédio sexual; assédio moral, entre outros.

Iraê Lucena adiantou que a meta do Governo do Estado é implantar outros centros de referência da mulher nas demais regiões. Segundo informou, a Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana se reunirá com gestores eleitos para incentivar a implantação desses equipamentos nos municípios. “Vamos propor, inclusive, que aqueles que não tenham condições para isso, promovam consórcios e definam as responsabilidades de cada um”, enfatizou.

A coordenadora do Centro da Mulher 8 de Março, Irene Marinheiro, avaliou como positiva a criação de mais um Centro de Referência da Mulher na Paraíba. “Esse centro representa o atendimento das nossas reivindicações e um avanço nas nossas conquistas”, observou.

O centro fica localizado à Rua Pedro Américo, 558, no bairro São José, e leva o nome da defensora Fátima Lopes, morta em janeiro de 2010 em um acidente de trânsito na Avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa. O filho da defensora, Davi Lopes, ressaltou que a família ficou orgulhosa, lisonjeada e feliz com a homenagem prestada à sua mãe. “Ficamos orgulhosos porque isso representa o reconhecimento ao trabalho que ela desenvolveu em vida”, afirmou.

Atendimento – Na Paraíba, a Rede de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar oferece mais de 20 tipos de serviços, entre eles, o programa de atenção às Vítimas de Violência Sexual com atendimento especial em hospitais e maternidades; Centros de Referência de Atendimento à Mulher; Rede Estadual de Atendimento às Mulheres, Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência; Delegacias da Mulher, Núcleo de Atendimento na Defensoria Pública; Promotoria da Mulher no Ministério Público; Juizado Especial de atendimento às Mulheres em João Pessoa, além do Conselho Estadual dos Direitos das Mulheres e dos Conselhos Municipais.

A rede de enfrentamento à violência contra a mulher ainda conta com o apoio dos Centros de Referência Especializada na Assistência Social (Creas); Centros de Referências de Assistência Social (Cras) e Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop). Para estimular a independência econômica foi criada a linha de crédito Empreender-Mulher PB, que prioriza mulheres em situação de violência e vulnerabilidade atendidas pela Rede.

No ano passado, o Governo do Estado, em convênio com a Prefeitura de João Pessoa, ampliou a abrangência do atendimento do Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra, que se restringia apenas à Capital. O Centro agora atende as mulheres vítimas da violência da Região Metropolitana de João Pessoa e o equipamento que seria instalado na Capital foi redirecionado para Campina Grande.

O Governo do Estado, em parceria com as prefeituras municipais, disponibiliza atendimento à mulher em situação de violência em três centros de referência:

 

- Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram) Suzane Alves da Silva – Cajazeiras

Endereço:  Rua Coronel Guimarães, Nº 204, Centro

Referência: Funciona no mesmo prédio da Secretária de Políticas Públicas para as Mulheres

Telefone: (83)3531-4852

 

- Centro de Referência da Mulher (CRM) Ednalva Bezerra – João Pessoa Endereço:  Avenida Afonso Campos, nº 191, Centro

Telefone: (83) 3221-4273 / 0800 283 3883

 

- Centro de Referência de Atenção à Mulher (Cram) – Santa Luzia

Endereço: Rua Otílio Dantas da Nóbrega, nº 308, Bairro São José

Telefone: (83)3461-1489