João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo garante: ‘Com Pacto Social não há partidarização’

quinta-feira, 8 de setembro de 2011 - 17:28 - Fotos: 

Prefeita de Pedras de Fogo Clarisse Ribeiro assinando o convênio.Foto: José Marques/Secom-PB

Os municípios do Vale do Paraíba estão sendo beneficiados com mais de R$ 2,4 milhões por meio do Pacto Social pelo Desenvolvimento da Paraíba. A assinatura dos convênios, entre o Governo do Estado e os municípios da 12ª Região Geoadministrativas, aconteceu nesta quinta-feira (8), na AABB de Itabaiana. Os convênios beneficiam 12 municípios com R$ 1,8 milhão na educação e R$ 554 mil na saúde. Em toda a Paraíba, o investimento do Governo é de R$ 42 milhões (são 260 projetos selecionados em 180 municípios).

Os convênios foram assinados pelo secretário de Desenvolvimento e Articulação Municipal, Manoel Ludgério, e o prefeito de Caldas Brandão, João Batista, (R$ 300 mil); de Ingá, Luiz Carlos Monteiro (R$ 100 mil); de Juripiranga, Tom Maroja  (R$ 261 mil); de São Miguel de Taipú, Macilene Sales (R$ 410 mil); de Guirinhém, Claudio César Freire (R$ 200 mil); de Riachão de Bacamarte, José Gil Mota (R$ 145 mil); de São José dos Ramos, Maria Aparecida (R$ 88 mil); de Itatuba, Renato Lacerda (R$ 452 mil); de Mogeiro, Antônio Ferreira (R$ 29 mil); de Pedras de Fogo, Maria Clarisse Ribeiro (R$ 288 mil); e de Salgado de São Felix, Adáurio Almeida (R$ 73 mil).  O município de Pilar também foi contemplado no Pacto com R$ 60 mil para a compra de equipamentos para o hospital.

Em seu discurso, o governador Ricardo Coutinho anunciou que o governo do Estado está investindo R$ 1,1 milhão em obras emergenciais de recuperação e abertura de estradas danificadas pelas chuvas na região. Na lista das rodovias, estão a PB-054, no trecho entre Itabaiana e a BR-238; o novo desvio da PB-054; a PB-051 até a BR-230, em Caldas Brandão; o entroncamento da PB-048 com a PB-082; e a PB-082 entre Salgado de São Felix e a Barragem de Acauã.

Ricardo Coutinho explicou que, somente no Vale do Paraíba, os recursos do pacto possibilitarão a construção de uma sala de parto, uma sala de fisioterapia, dois laboratórios, três centros cirúrgicos e um serviço de urgência e emergência, além de cinco novas escolas, sete ampliações, duas reformas, 23 salas de aulas e duas bibliotecas.

“Fechamos este ciclo de investimentos nos municípios com grande alegria, pois sentimos que estamos quebrando um vício danoso, que era a partidarização na administração pública. Enquanto eu for governador, não haverá perseguição aos municípios. Quero pensar a Paraíba adiante, lá na frente, com políticas públicas quem atendam à expectativa dos paraibanos”, ressaltou.

Governador durante anúncio das obras, em Itabaiana.Foto: José Marques/Secom-PB

Prefeitos apóiam ação do governo estadual – Durante a solenidade de assinatura dos convênios em Itabaiana, os prefeitos da região apoiaram a iniciativa do Governo em investir nos municípios por meio de editais públicos. Os deputados estaduais João Gonçalves e Tião Gomes também deram depoimentos positivos sobre essa nova fase nas relações políticas do Estado.

A prefeita de Pedras de Fogo, Clarisse Ribeiro, declarou que o pacto representa um grande avanço para o município de Pedras de Fogo, dentro de um contexto de parceria institucional bastante salutar. “Admiramos essa postura do governador. O município precisa estreitar essa parceria, independentemente de partido ou campo político. A prioridade, neste instante, é melhorar a qualidade de vida da população com serviços de qualidade na educação e na saúde”.

Maria Clarisse elogiou o governador pela distribuição de recursos por meio de editais públicos e garantiu que a prefeitura de Pedras de Fogo estará pronta para assinar convênios que possibilitem a melhoria dos serviços para a população.  O município será contemplado com R$ 188 mil na reforma e ampliação de quatro escolas e mais R$ 100 mil para a compra de equipamento hospitalar.

Ricardo durante seu discurso em Itabaiana. Foto: José Marques/Secom-PB

O prefeito de Juripiranga, Tom Maroja, disse que os recursos possibilitarão incluir o atendimento especializado de saúde no município, o que vai desafogar os hospitais regionais e o Trauma de João Pessoa. Tom destacou o perfil democrático do governo, que contempla todos os municípios interessados. “O município não recebia dinheiros de convênios, mas os tempos são outros. Acredito que essa nova fase ficará para a história”, completou.

A prefeita de São Miguel do Taipú, Macilene Sales, salientou que, com o Pacto Social, o município ganhará uma escola e equipamentos para instalar um laboratório de análises. “Esse pacto contempla principalmente os municípios pequenos, que, durante anos, ficaram esquecidos. Espero que esse modelo dê certo e que mais ações concretas continuem ocorrendo”, completou.