João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo entrega obras do Complexo Central de Escolas de João Pessoa

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015 - 18:04 - Fotos:  Francisco França

O governador Ricardo Coutinho inaugurou, nesta quinta-feira (10), o Centro Aquático de Aprendizagem (piscina semi-olímpica), localizado no Complexo Central de Escolas de João Pessoa, formado pelas escolas estaduais Liceu Paraibano, Olivina Olívia Carneiro da Cunha, Instituto de Educação da Paraíba (IEP) e Argentina Pereira Gomes. Na ocasião, ele também entregou as obras de reforma e ampliação nas quatro escolas. Ao todo, foram investidos investimento R$ 14,1 milhões.

Ainda durante a solenidade, Ricardo lançou o projeto de intercâmbio internacional Gira Mundo para estudantes e professores da rede estadual, o projeto de Escolas Cidadãs Integrais e Escolas Cidadãs Integrais Técnicas e o Mestrado Profissional para professores. “Na Paraíba a escola está mudando o conceito e progressivamente vai passar para os dois turnos, com curso integral. Não estamos apenas entregando reformas, estamos entregando uma série de intervenções, a exemplo do Programa Gira Mundo, entre outros benefícios, porque na Educação é preciso caminhar sempre”, ressaltou o governador.

O governador Ricardo Coutinho ainda destacou mais ações na Educação, com a premiação dos selecionados no desafio lançado pelo Governo do Estado, em parceria com a Google for Education, da sala virtual, chamada “A maior sala de aula do mundo”. E afirmou que popularizar a tecnologia é uma das missões de seu governo: “A tecnologia não pode ser apenas elitista porque o mundo se tornaria cada vez mais injusto. Ela precisa ser inclusiva e diferenciada, principalmente para os filhos do povo. Portanto, cabe ao poder público utilizar tecnologia em parceria com empresas como a Google em prol da educação da Paraíba”.

Ricardo lembrou também que, ainda na primeira gestão, lançou o Projeto Prima (Projeto de Inclusão Escolar através da Música), com a finalidade de tornar a escola mais atrativa, com a meta de diminuir a evasão escolar.  O Prima, segundo observou, já conta com 19 pólos.

Durante a solenidade, foi feita a premiação dos três primeiros professores colocados no prêmio Solução Nota 10, assim como as três escolas melhor indicadas pela execução dos projetos oriundos das ideias dos participantes do prêmio, lançado pela Secretaria de Estado da Educação (SEE) na abertura do ano letivo de 2015. Os premiados receberam certificados e valores em dinheiro.

Outro momento importante da solenidade foi a premiação das escolas da rede estadual classificadas em primeiro e segundo lugares no Prêmio Nacional de Gestão Escolar, bem como dos seis professores selecionados no prêmio Professores do Brasil, realizado pelo Consed. Foram também premiadas 14 escolas, representando as 14 Gerências Regionais de Educação (GREs), que obtiveram os melhores índices no Sistema de Avaliação da Educação do Estado da Paraíba (IDEPB), bem como as três GREs que obtiveram as melhores colocações nas metas do IDEPB.

Também foram apresentados professores das 14 GREs representando os ganhadores dos prêmios Mestres da Educação; e gestores representantes das escolas selecionadas no prêmio Escola de Valor, por Regional. Os prêmios realizados pelo Governo do Estado estão na 5ª edição, com investimentos da ordem de R$ 77,4 milhões, nos quatro primeiros anos, com o pagamento do 14º e 15º salários a educadores e servidores das escolas que tiveram seus projetos selecionados.

Durante a solenidade foram realizadas apresentações de nado sincronizado e dos alunos do Prima do município de Santa Rita. O evento também contou com a participação do secretário de Educação do Estado, Aléssio Trindade, e da superintendente da Suplan, Simone Guimarães, e de diversos políticos paraibanos.

AÇÕES

Centro Aquático de Aprendizagem – a estrutura do centro é composta por uma piscina semi-olímpica com 10 raias, arquibancada coberta com capacidade para 215 lugares e 04 lugares para cadeirantes, casa de bomba para a piscina, sala de professores, dois vestiários, 01 cantina, além de uma bela área de paisagismo. Foram investidos mais de R$ 2 milhões, beneficiando 5.631 estudantes das quatro escolas do complexo e das escolas estaduais do Centro da Capital.

Também foram entregues as obras de reforma e ampliação nas quatro escolas que formam o Complexo Central de Escola de João Pessoa formado pelas escolas: Liceu Paraibano, Olivina Olívia Carneiro da Cunha, Instituto de Educação da Paraíba (IEP) e Argentina Pereira Gomes, num investimento total de R$ 12,1 milhões.

Projeto Gira Mundo – tem o objetivo de propiciar a estudantes e professores da rede estadual de ensino experiências práticas no desenvolvimento de língua estrangeira e interações com outras culturas, por meio de intercâmbio com países de língua inglesa. Podem participar estudantes selecionados da 2ª série do Ensino Médio que tiverem alcançado em 2015 as melhores notas em Português, Matemática e Inglês. Também vão participar três professores/professoras selecionados por um teste de proficiência. O investimento no projeto é de mais de R$3 milhões.

Mestrado Profissional- Em parceria com a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), serão ofertadas 50 vagas, sendo 25 para o Mestrado Profissional em Formação de Professores e 25 para o Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Educação Matemática, para professores efetivos da rede estadual de ensino de educação básica, licenciados e/ou bacharéis nas áreas cujas disciplinas integrem o currículo de educação básica no Estado. Serão investidos R$ 250 mil no programa.

Escola Cidadã Integral- Nesse modelo de escola que será implantado em 2016, a equipe de profissionais terá formação específica e contínua e as práticas pedagógicas vão incentivar o desenvolvimento de competências pessoais e sociais dos estudantes. Além das matérias da Base Nacional Comum, os estudantes vão ter aulas de Orientação de Estudo, Preparação para o Pós-Ensino Médio, Avaliação Semanal, disciplinas eletivas e práticas de laboratório. Serão contempladas com o método de ensino oito escolas da rede estadual de ensino.

As escolas serão divididas em: Escolas Cidadãs Integrais Acadêmicas, que objetivam desenvolver o pleno domínio, por parte do estudante, do conhecimento construído durante a Educação Básica, além de criar condições para que o estudante da rede pública possa dar continuidade aos estudos em cursos de nível superior e ter uma posição de destaque no mercado de trabalho; e Escolas Cidadãs Integrais Técnicas, que são escolas de Ensino Médio em período integral, com conteúdo pedagógico voltado para o ensino profissionalizante, e tem como objetivo a formação de profissionais qualificados e capacitados para o mercado de trabalho.

Premiação do Avaliando IDEPB – Foram premiadas 14 escolas das cidades de João Pessoa, Mulungu, Campina Grande, Sossego, São José dos Cordeiros, Santa Luzia, Olho D´ Água, Catolé do Rocha, Cajazeiras, Sousa, Imaculada, Pilar, Pombal e Rio Tinto, além das três gerências regionais de ensino que apresentaram o maior número de escolas com o cumprimento das metas, que foram: Pombal, Monteiro e Guarabira.

O IDEPB tem o objetivo de estabelecer anualmente indicadores de qualidade, utilizando instrumentos de diagnóstico, tendo em vista a melhoria da qualidade da educação relacionada com a construção de aprendizagens significativas. O parâmetro de avaliação é o maior IDEPB por gerência regional. Em 2015, foram avaliadas 680 escolas, 2.331 turmas e 58.956 estudantes nos 223 municípios do Estado.

Prêmios Gestão Escolar (PGE) - É realizado pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), com o objetivo de estimular a melhoria da gestão das escolas públicas. O processo deve envolver toda a comunidade escolar e incentivar a troca de experiências entre os gestores. Participaram 355 escolas da rede pública da Paraíba e foram classificadas as escolas: Professor Lordão (Picuí/4ª GRE), na figura do gestor Robson Rubenilson, em primeiro lugar; e Padre Jerônimo Lauwen (Santa Luzia/6ªGRE), na figura da gestora Maria de Fátima Sales, em segundo lugar.

Professores do Brasil (PPB) – Instituído pelo MEC, por meio da Secretaria de Educação Básica (SEB), propicia aos docentes da rede pública da Paraíba um exercício de reflexão sobre a própria prática, com o objetivo de aprimorar os processos de ensino e aprendizagem. 1.493 docentes da rede pública da Paraíba apresentaram uma experiência vivida na sala de aula e seis foram finalistas do prêmio.

Premiação Solução Nota 10 - Com investimento de R$ 48.500, o Desafio Solução Nota 10 é um projeto de participação social que objetiva identificar propostas inovadoras a serem desenvolvidas nas escolas da rede estadual de ensino. Um importante diagnóstico da rede estadual da Paraíba foi realizado por meio do projeto e já contribuiu para o processo contínuo de gestão escolar. Mais de oito mil pessoas participaram da 2ª rodada do projeto no ambiente virtual criado pela Secretaria de Estado da Educação (SEE), foram postadas mais de 25 mil idéias para os desafios “Como impulsionar a criação de novas tecnologias e o empreendedorismo para a educação paraibana” e “Como melhorar o aprendizado da língua portuguesa e/ou da matemática no estado da Paraíba”.

Os autores das idéias mais votadas foram Gerailton de Andrade Lacerda (1º lugar), Rafael Maximino (2º lugar) e Jeimes Ferreira (3º lugar), todos receberam certificado de participação e premiação em dinheiro. As escolas indicadas para a execução dos projetos oriundos das ideias dos participantes e a 3ª Gerência Regional de Educação, que somou o maior número de participantes e escolas na 2ª rodada de desafios, também receberam certificado de participação e premiação em dinheiro.

Prêmio Mestres da Educação e Escola de Valor 2014 – Têm como objetivo fomentar, selecionar, valorizar e premiar as práticas pedagógicas exitosas. O Prêmio Escola de Valor contempla todos os profissionais da educação lotados nas escolas laureadas com o 14º salário. O Prêmio Mestres da Educação contempla todos os professores lotados nas escolas laureadas com o 14º salário e caso estejam lotados em escolas ganhadoras do Prêmio Escola de Valor, poderão garantir também o 15º salário. Desde 2011, a Secretaria de Estado da Educação premia os professores, o investimento total até 2014 foi R$ 77.424.866,69.

Google Classroom: Em parceria com a Google for Education, a Secretaria de Educação criou uma sala virtual chamada “A Paraíba na maior sala de aula do mundo”. Mais de mil pessoas, entre estudantes, professores e servidores conectaram-se à sala virtual, dentre eles dois alunos e dois professores foram sorteados com equipamentos eletrônicos do Google.

A sala foi desenvolvida para ajudar aos professores a fazerem aulas mais atrativas e, entre outros benefícios, criarem e receberem tarefas sem usar papel. A Paraíba foi o primeiro Estado do Nordeste a firmar parceria com o Google para que estudantes, professores e professoras, e funcionários da rede estadual de ensino tenham de forma gratuita acesso ao ambiente virtual e possam utilizar um conjunto de ferramentas online no processo de ensino e aprendizagem.