Fale Conosco

1 de julho de 2011

Ricardo entrega novo Hospital de Trauma de Campina nesta 3ª



01.07.11 SALA DE EMERGÊNCIA TRAUMA C. GRANDE foto antonio david secom pb

Sala de Emergência do Trauma de Campina Grande. Foto: Antonio David./Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho irá a Campina Grande na próxima terça-feira (5), às 10h, para entregar à população o novo Hospital de Emergência e Trauma do município, que já está em funcionamento. Construído na extensão da Floriano Peixoto, nas Malvinas, tido como referência no Estado e o segundo maior do Norte-Nordeste, o local terá capacidade de atender a 1,9 milhão de paraibanos (52% da população do Estado), incluindo Agreste e Borborema e Cariri e Sertão totalizando 173 municípios. Na obra, foram investidos R$ 100 milhões, sendo R$ 44,3 milhões na construção e R$ 55 milhões em equipamentos.

O Hospital dispõe de 242 leitos, sendo 30 de UTI (adulto, pediátrica e de queimados), com área construída de 22 mil metros quadrados. O estacionamento tem capacidade para 516 vagas. Há ainda heliponto, clínica médica, clínica cirúrgica, clínica ortopédica e traumatológica, clínica pediátrica e traumatológica, além de clínicas especializadas em oftalmologia, otorrinolaringologia, neurologia e buco-maxilofacial, centro cirúrgico com seis salas, sala para pequenas intervenções cirúrgicas de emergência, centro de diagnóstico, laboratórios de hematologia, bioquímica, microbiologia, líquor e parasitologia/análise.

Para a nova unidade, foi criado um plantão presencial de radiologistas que não existe na unidade antiga. Isso foi possível com a implantação do serviço de imagem que contará com um tomógrafo de alta resolução, dois aparelhos de Raio X e um serviço de endoscopia digestiva e respiratória.

01.07.11 RECEPÇÃO TRAUMA C. GRANDE 2 foto antonio david secom pb

Sala de Recepção do Hospital de Trauma. Foto: Antonio David/Secom-PB

O Hospital Regional de Emergência e Trauma de Campina Grande conta com 250 médicos, sendo 27 médicos de plantão 24 horas em todas as especialidades de urgência. A unidade hospitalar conta ainda com 150 enfermeiros, 450 técnicos de enfermagem, 48 fisioterapeutas, 30 assistentes sociais, 25 psicólogos e 1.500 funcionários técnico-administrativos.

 

Características Técnicas:

Área do Terreno: 70 mil m2

Área de Construção: 22.071,05 m2

Ambientes: 06 Salas de Cirurgias, Bloco de Emergência, Auditório, Almoxarifado, Restaurante, Lavanderia, Farmácia, UTI de Queimados, Centro Cirúrgico, UTI’s Adulto/Pediátrica, Bloco Laboratório de Análises/Administração, Bloco Enfermaria Adulto, Bloco Enfermaria Pediátrica, Bloco Enfermaria Queimados, Unidade de Apoio, Resgate e Garagem, Resíduos Sólidos, Grupo Gerador, Subestação I e II, Sala de Comando, Guaritas I, II e III, Urbanização.

 

Leitos: 266, sendo:

·      11(Rec. pós Anest.);

·      19 (Urgência);

·      07 (Emergência);

·      199 (Internação);

·      30 (UTI).

 

Recursos:

Os recursos destinados ao Hospital de Campina Grande foram oriundos do Ministério da Saúde (Convênio 5643/2005) e Tesouro do Estado.

Recursos para Obra:

R$ 14.080.000,00 – Ministério da Saúde

R$ 42.109.288,85 – Tesouro do Estado

Total Obra – R$ 56.189.288,85

- O Estado pagou em 2011 o montante de R$ 2 milhões, referentes à medições de 2010.

Recursos para Aquisição de Equipamentos:

Adquiridos em 2009 – R$ 2.350.836,13

Adquiridos em 2010 – R$ 21.196.986,15

Adquiridos em 2011 – R$ 5.673.166,22

Total Equipamentos – R$ 29.220.988,50