João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo entrega créditos e equipamentos durante audiência do ODE em Campina Grande

domingo, 22 de maio de 2016 - 14:36 - Fotos:  Francisco França/ Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho participou, nesse sábado (21), na cidade de Campina Grande, sede da terceira Região Geoadministrativa, da 14ª audiência pública do Orçamento Democrático Estadual, ciclo 2016. Ricardo entregou equipamentos para a região, prestou contas dos investimentos e ouviu a população, que reivindicou e elegeu as prioridades para o próximo ano. A audiência de Campina Grande aconteceu no ginásio do Colégio Estadual da Prata e contou com a participação de 2.734 pessoas.

Ricardo abriu a plenária com a assinatura do decreto que transforma a Delegacia Especializada de Vigilância Geral de Campina Grande em Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes. Entregou à 3ª Gerência de Saúde, três câmaras frias e três condicionadores de ar, no valor de R$ 87 mil. Para a Gerência de Educação da região, o governador entregou 384 computadores, no valor de R$ 1,5 milhão. “Essa foi uma reivindicação da plenária do ODE do ano passado e nós hoje estamos atendendo a esse pedido”, disse o governador.

“É muito bom estar aqui ao lado de militantes, estudantes, professores, companheiro do MST e tanto outros que compreendem a importância histórica do que nós estamos construindo dentro deste estado. Essa é a mais importante obra desta gestão. Não há nada mais importante que a obra do Orçamento Democrático. Não é possível fazer tudo, porém mais de 90% das obras do Estado partem da participação popular”, ressaltou o governador.

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado estadual Adriano Galdino, também participou da audiência. Ele destacou a importância do Orçamento Democrático. “É uma satisfação participar do Orçamento Democrático, em ter o governador percorrendo toda a Paraíba, ouvindo a população com suas sugestões e críticas. Tudo isso é muito bom para a gestão pública e para a Paraíba. Demostra que o governador dá prioridade à democracia participativa e que a Paraíba começa a escrever uma nova história e um novo rumo de desenvolvimento, que se mostra cada vez melhor, mais justa e mais solidária para com o povo paraibano. É uma política diferenciada que muda a lógica da Paraíba, compartilhando recursos para pequenos e grandes centros”, destacou o presidente.

O governador ainda fez a entrega de cheques do Programa Empreender-PB a 703 empreendedores, um investimento de R$ 2,4 milhões e, por meio do Projeto de Fortalecimento das Ações Integradas de Economia Solidária em construção na Paraíba, entregou uma balança no valor de R$ 1,6 mil e sete prensas (R$ 266 mil), para empreendimentos econômicos e solidários de catadores (Catamais/Cotramare/Arensa). São recursos do Fundo de Combate à Pobreza (Funcep), com o objetivo de fortalecer as ações econômicas solidárias por meio da ampliação do investimento já pactuado entre a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH) e a Secretaria Nacional de Economia Solidária (SENAES) nas redes de cooperação solidária, no fomento aos circuitos de comercialização e trabalho associado, visando o desenvolvimento sustentável local e territorial com inclusão produtiva.

O secretário do Orçamento Democrático, Gilvanildo Pereira, também fez a entrega do Selo “Parceiros da Participação Popular”, para a gerente regional de Desenvolvimento Humano, Italagitânia Simplício, em alusão ao trabalho que vem sendo desenvolvido na região.

A plenária de Capina Grande também contou com a participação da vice-governadora Lígia Feliciano, da deputada estadual Estela Bezerra, do deputado federal Damião Feliciano, do deputado estadual João Gonçalves e do deputado estadual Inácio Falcão, além dos prefeitos Zé Bento, da cidade de Soledade; o prefeito Jurandir, da cidade de Taperoá; Zé Pedro de Fagundes; Antônio Ramos, vice-prefeito de Riacho de Santo Antônio; Dinalva Barbosa, vice-prefeita de Barra de Santana e Jailson Andrade, vice-prefeito de Aroeiras.

As audiências do Orçamento Democrático Estadual serão encerradas no próximo sábado (28), em João Pessoa, concluindo um ciclo de 16 plenárias públicas, que contaram com a participação do governador Ricardo Coutinho e toda a equipe de auxiliares de governo.

Prioridades eleitas – A população presente na audiência elegeu como prioridade de investimento para o próximo ano a educação (561 votos), seguida da segurança pública (393 votos) e saúde (196 votos). Participaram da plenária, representantes dos municípios de Alcantil, Aroeiras, Assunção, Barra de Santana, Barra de São Miguel, Boa Vista, Boqueirão, Cabaceiras, Campina Grande, Caturité, Fagundes, Gado Bravo, Juazeirinho, Livramento, Massaranduba, Natuba, Queimadas, Riacho de Santo Antônio, Santa Cecília, São Domingos do Cariri, Soledade, Taperoá, Tenório e Umbuzeiro.

Prestação de contas – Em Campina Grande, a prestação de contas foi apresentada pelo secretário executivo do Orçamento Democrático, Gilvanildo Pereira, que informou os investimentos na ordem de R$623,4 milhões em toda a região. Segundo o secretário, os investimentos apresentados são referentes às prioridades eleitas no ciclo do ano passado, onde a população elegeu a educação, segurança pública e saúde.

Na educação, os investimentos somam R$ 19,5 milhões, com a construção da Escola Major Veneziano Vital (R$ 1,5 milhão), a reforma de mais duas escolas – Escola de Audiovisual Demóstenes Cunha Lima e Escola Williams de Souza Arruda, ambas de Campina Grande, no valor de R$ 4,2 milhões, além da aquisição de 384 computadores para todas as escolas da região, um investimento de R$ 1,5 milhão. Em andamento ainda estão a implantação de rede wireless em 71 escolas da região, totalizando investimentos na ordem de R$ 3,1 milhões, e a licitar, a reforma de 13 escolas, no valor de R$ 9,7 milhões. O Governo do Estado ainda investiu na educação da região, por meio dos prêmios “Escola de Valor”, com 49 escolas e 2.802 servidores beneficiados, e o “Mestre da Educação”, com 607 profissionais contemplados.

Na segurança pública, os investimentos somam de R$ 6,9 milhões, com a instalação de três Unidades de Polícia Solidária (UPS), nos bairros das Cidades, Bodocongó e Malvinas, cerca de 60 viaturas entregues (R$ 3,7 milhões – locação anual) e aquisição de armamentos e materiais (R$ 491 mil) para todos os Batalhões e Companhias de Polícia da região. Campina Grande também teve a sede do Ciretran reformada, no valor de R$ 1,8 milhão e aproximadamente 750 carteiras de habilitação, do Programa Habilitação Social, entregues ou em andamento.

Na saúde, Gilvanildo apresentou dados de investimentos de R$ 146,7 milhões, com o custeio dos Hospitais de Trauma de Campina Grande, Hospital Regional de Queimadas e Hospital Distrital de Taperoá (R$ 145,4 milhões), a aquisição de um aparelho de raio-x  digital para o Hospital Regional de Campina (R$ 750 mil), e de três câmaras frias e climatizadores para a 3ª Gerência Regional de Saúde (R$ 87mil). Em andamento estão as obras de recuperação da cobertura do Hospital Regional de Queimadas, uma obra no valor de R$ 333 mil, e em licitação, está a obra de construção de uma passarela coberta no Hospital de Trauma de Campina Grande, no valor de R$ 153 mil.

Gilvanildo ainda apresentou dados de investimentos na região de Campina Grande ligados ao abastecimento de água, recursos hídricos e saneamento básico (R$ 155,8 milhões), com a construção de um sistema de abastecimento de água automatizado, em Campina Grande (R$ 5 milhões), um sistema adutor construído em São José da Mata/Pocinhos (R$ 16,3 milhões), um sistema de captação flutuante no Açude de Boqueirão (R$ 5 milhões), 10 barreiros construídos em Livramento e Soledade (R$ 468 mil), cinco sistemas de abastecimentos de comunidades rurais implantados, em Alagoa Grande, Cabaceiras, Fagundes e Livramento (R$ 397 mil), uma barragem recuperada em Taperoá (R$ 147 mil), dois sistemas de dessalinização de água implantados em Taperoá e Tenório (R$ 215 mil) e dois planos municipais de saneamento básico, abastecimento de água e esgotamento sanitário, pelo Programa do Pacto Social, na ordem de R$ 242 mil.

Em andamento estão a construção de cinco sistemas de abastecimentos de água, em Campina Grande, Queimadas, Aroeiras/Gado Bravo, Natuba/Umbuzeiro/Santa Cecília e Boqueirão (R$ 85,7 milhões).

Outros investimentos – Desenvolvimento Humano (R$14,2 milhões), Empreender-PB (R$ 7,4 milhões), Esporte, Juventude e Lazer (R$ 9,9 milhões), Estradas de Rodagens (R$ 91,1 milhões), Habitação (R$ 104,1 milhões), Agropecuária e Pesca (R$ 15,5 milhões) e Infraestrutura (R$ 52,9 milhões).