João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo entrega bonificações a policiais e incorpora os agentes penitenciários ao Prêmio Paraíba Unida pela Paz

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017 - 15:33 - Fotos:  Francisco França/Secom Pb

O governador Ricardo Coutinho entregou simbolicamente, nesta segunda-feira (20), durante solenidade no Palácio da Redenção, as bonificações de 8.735 policiais civis, militares e bombeiros referentes ao Prêmio Paraíba Unida pela Paz (PPup), previsto pela Lei 10.327, que instituiu recebimento semestral de valores em dinheiro para integrantes das Forças de Segurança de regiões e áreas integradas que apresentem queda no registro de Crimes Violentos Letais Intencionais (homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte). Na ocasião, ele ainda assinou o decreto que também inclui os agentes penitenciários no Prêmio Paraíba Unida pela Paz a partir do próximo semestre.

Durante a solenidade, Ricardo também condecorou com láureas os policiais militares que apreenderam os adolescentes suspeitos do latrocínio da estudante de biomedicina Meirilane Taís da Silva, de 19 anos. “Este é o reconhecimento que o poder público faz ao trabalho incansável de homens e mulheres da segurança na Paraíba. É muito difícil fazer segurança nos dias de hoje no Brasil, mas o importante é que a média de ocorrências possa ser mantida em declínio e a Paraíba está conseguindo fazer isso, baixando os índices de criminalidade. O nosso objetivo é que os números diminuam cada vez mais. A premiação que estamos fazendo nesta solenidade é absolutamente justa, porque é importante que a segurança funcione a partir de metas estabelecidas e quem bateu as metas está recebendo o Prêmio Paraíba Unida pela Paz. Além disso, incluo os agentes penitenciários neste prêmio, já que o sistema penitenciário também é fundamental para manter a paz na sociedade”, frisou o governador.


Na ocasião, Ricardo Coutinho também destacou o esforço do Governo do Estado em incorporar uma parte dos extras dos policiais como salário. “O Governo criou o projeto de segurança salarial que incorpora uma parte das horas extras como salário para os policiais. Eu lembro que em dezembro de 2010 um soldado ganhava R$ 1.564 e, em março deste ano, vai ganhar R$ 3.057, ou seja, estou falando de 95% quando a inflação foi 50%, então não há o que discutir, porque avançamos muito e não somente na questão salarial, mas em equipamentos e em estrutura de trabalho”, enfatizou.

De acordo com o secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, o prêmio é um reconhecimento das metas alcançadas pelos profissionais de segurança no Estado. “Esse ano o prêmio foi de quase R$ 9 milhões para os policiais civis, militares e bombeiros que bateram as metas da segurança. A gente sabe que não dá para comemorar, porque muitas pessoas ainda morrem na Paraíba, mas ter uma redução de homicídios é muito importante. Mesmo com caos nacional, estamos mantendo a queda no número de homicídios. No ano passado, a Paraíba alcançou uma redução de 12% dos assassinatos, em relação ao ano anterior”, observou.

O secretário de Administração Penitenciária, Wagner Dorta, enfatizou a relevância da inclusão dos agentes penitenciários no Prêmio Paraíba Unida pela Paz. “É uma medida extremamente importante, porque se o sistema prisional vai bem, a segurança pública também vai bem. Estou há dois anos à frente da secretaria e nesse período os agentes têm se esforçado bastante para manter a ordem e com essa medida do Governo do Estado eles se empenharão muito mais”, comentou.

Neste semestre, ganham PPup os policiais e bombeiros subordinados ao estado, e a 1ª e 3ª Regiões Integradas de Segurança Pública (Reisp) e ainda as Áreas Integradas (Aisp) de João Pessoa (zonas sul e norte), Cabedelo, Bayeux, Mamanguape, Itabaiana, Esperança, Picuí, Monteiro, Patos e Sousa. João Pessoa (zona norte) e Patos irão ganhar o prêmio dobrado pelas maiores reduções de homicídios em números absolutos e percentuais, respectivamente.

“É uma iniciativa do governador Ricardo Coutinho que busca motivar e reconhecer o trabalho desempenhado pelos profissionais das forças da segurança na Paraíba. São quase 9 mil policiais premiados através do Paraíba Unida pela Paz. Além disso, alguns policias também recebem comendas pela operação que resultou na apreensão dos adolescentes suspeitos do latrocínio de uma jovem na semana passada”, pontuou o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves.

O capitão Isaías Paz de Souza é um dos policiais militares responsáveis pela apreensão dos adolescentes suspeitos do assassinato da estudante Meirilane Taís. Ele recebeu uma láurea e comentou: “Agradeço esse reconhecimento do Governo do Estado e essa homenagem quero dividir com minha família e com a família da jovem Meirilane que infelizmente foi morta. Não podemos devolver a vida da jovem, mas rapidamente conseguimos apreender os suspeitos para que justiça seja feita. Todos os dias estamos nas ruas com o objetivo de levar segurança ao povo paraibano”, observou.