João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo entrega barragem recuperada em Ingá e recebe título de cidadão

quarta-feira, 1 de novembro de 2017 - 21:23 - Fotos:  Alberi Pontes/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho entregou, na tarde desta quarta-feira (1º), a barragem recuperada Chã dos Pereiras, no município de Ingá, que vai beneficiar mais de 9 mil habitantes das comunidades de Potina, Cutias, Rua da Palha, Chã dos Pereiras e a cidade de Riachão do Bacamarte. Com capacidade de acumulação em torno de 2 milhões de metros cúbicos de água, a barragem recebeu investimentos de quase R$1 milhão. Durante a solenidade, Ricardo também foi agraciado com o título de cidadão ingaense.

Durante o discurso, o governador ressaltou a preocupação do Governo em investir em recuperação de barragens. “Nós já recuperamos 55 barragens dentro do Programa Recuperação de Barragens. Chã dos Pereiras estava precisando urgente de reparos e nós nos antecipamos, antes que algo de ruim acontecesse.  Se não tivéssemos tomado providências, chegaria um momento que essa barragem romperia. Trouxemos segurança e respeito para as pessoas. A política só serve para respeitar o interesse coletivo do povo”, destacou.

Ricardo ainda lembrou que cinco novas barragens estão sendo construídas no estado, mesmo no momento atual de crise. “Estamos conseguindo tocar o Estado de uma forma diferenciada. Além das barragens que estão recuperadas, estamos construindo mais cinco: Porcos (Pedra Lavrada), Cacimbinha (São Vicente do Seridó), Coronel Jueca (Desterro), Riacho Fundo (Tenório) e Pedra Lisa (Imaculada).  A Secretaria de Recursos Hídricos mudou o perfil no estado. Enquanto a maioria fazia em média, por mandato, 180 km de adutoras, nós estamos chegando a 1.400 km de adutoras e isso é uma expressão de força enorme. Na próxima semana vamos dar ordem de serviço da maior adutora já construída nesse estado com recursos próprios, que é a adutora TransParaíba, que vai levar as águas do São Francisco até a última cidade do Curimataú, toda feita com recursos do Estado, ou seja nós estamos priorizando aqui o que é essencial para a população e particularmente para aquelas regiões que eram mais esquecidas”, ressaltou.

A barragem Chã dos Pereiras faz parte da 3ª Etapa do Programa Recuperação de Barragens e foi a primeira do Programa Mais Trabalho a ser recuperada. Ela foi construída pela Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) no ano de 1984 e nunca havia passado por uma grande intervenção.

“Quando nós chegamos em 2011, não existia um programa de recuperação de barragens, por isso, infelizmente, algumas delas foram destruídas por falta de reparos. Então, já em janeiro de 2011, nós já começamos com os trabalhos de recuperação da barragem Saco, em Nova Olinda, e até os dias atuais, já foram investidos mais de R$ 20 milhões em recuperação desses equipamentos. A barragem Chã dos Pereiras tinha infiltrações em todos os pontos dela, do sangradouro ao maciço, e poderia ter se transformado em uma Camará II. Então, participar de um momento como esse, em Ingá, nos traz bastante alegria”, afirmou João Azevêdo.

“A sorte da gente foi essa barragem! Antes era muito ruim porque carregávamos água na cabeça e hoje temos água encanada nas casas. A gente está vivendo como na cidade grande, com água dentro de casa. Temos que agradecer a Deus e ao Governo do Estado porque agora temos água à vontade”, falou o morador de Chã dos Pereiras, Antônio Carlos Ferreira, que mora há 51 anos na comunidade.

O vice-prefeito de Ingá, Robério Buriti, destacou o significado da obra para os ingaenses “Parabenizamos o governador Ricardo Coutinho e o secretário João Azevêdo pelo empenho na construção dessa barragem. A cidade era repleta de carros pipa e hoje acabou esse sufoco”, explicou Robério.

A barragem faz parte da 3ª etapa do Programa de Recuperação de Barragens implementado pela atual gestão e que já recuperou 55 barragens no estado. Dentro dessa etapa, só restam agora as barragens de Farinha, em Patos, que está em fase de conclusão, e Saulo Maia, localizada no município de Areia.

Nas duas edições anteriores do Programa de Recuperação de Barragem, foram investidos mais de R$18 milhões. Na primeira etapa, iniciada em 2012, foram recuperadas 14 barragens: Baião (São José do Brejo do Cruz), Tapera (Belém do Brejo do Cruz), Carneiro (Jericó), Riacho dos Cavalos (Riacho dos Cavalos), Mucutu (Juazeirinho), Pocinhos (Monteiro), Jangada (Mamanguape), Curimatã (Caraúbas), Tapuio (São Vicente do Seridó), Queimadas (Santana dos Garrotes), Jeremias (Desterro), Bruscas (Curral Velho), Farinha (Patos) e Emas (Emas).

Já na segunda, foram recuperadas 27 barragens. São elas: Albino (Imaculada), Bastiana (Teixeira), Cachoeira dos Alves (Itaporanga), Cachoeira dos Cegos (Catingueira), Camalaú (Camalaú), Capim Grosso dos Martins (Itaporanga), Condado (Conceição), Jenipapeiro (Olho D’Água), Manoel Marcionilo (Taperoá), Riacho das Moças (Teixeira), São Francisco (Teixeira), Serra Vermelha (Conceição), Vazante (Ibiara), Vidéo (Conceição), Acauã (Itatuba), Araçagi (Araçagi), Araçagi (Esperança), Canafístula (Borborema), Cabaceiras (Picuí), Cosme da Rocha (Matinhas), Milhã (Puxinanã), Poleiros (Barra de Santa Rosa), São Salvador (Sapé) e Várzea Grande (Picuí), todas concluídas, além de Capoeira, em Capoeira (em Santa Terezinha), Natuba (em Natuba) e Padres (em Matinhas).

Título de Cidadão ingaense – Durante a solenidade, o governador Ricardo Coutinho recebeu o título de cidadão ingaense, uma propositura do vereador Alcides de Andrade. “Nós decidimos conceder esse Título ao governador Ricardo Coutinho pelos trabalhos que ele vem realizando aqui em Ingá e em toda a região. Desde que Ricardo chegou ao Governo, ele trabalha para estruturar bem o estado. Então o reconhecimento é mais que merecido”, destacou Alcides.

“Eu jamais esquecerei o gesto da Câmara Municipal de Ingá. Para mim, não é receber só um diploma. É tomar uma dose de corresponsabilidade e de respeito, presente e futuro com o povo de Ingá, eu quero agradecer a todos por esse gesto”, agradeceu Ricardo.