João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo encerra ciclo ODE em Campina Grande, inaugura escola e entrega benefícios para a região

domingo, 4 de junho de 2017 - 00:46 - Fotos:  Alberi Pontes/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho participou, na tarde deste sábado (3), na cidade de Campina Grande, da última audiência pública regional do Orçamento Democrático Estadual – Ciclo 2017, após 17 grandes plenárias realizadas nas 14 Regiões Geoadministrativas do Estado. Na ocasião, ele inaugurou a reforma da Escola Estadual Nenzinha Cunha Lima, fez entrega de equipamentos e créditos do Empreender PB, assinou convênios com prefeituras, ouviu a população e prestou contas das ações desenvolvidas na 3ª Região. A audiência contou com a participação da vice-governadora, Lígia Feliciano, deputados estaduais, auxiliares do Governo, lideranças da região e 3.241 pessoas, representantes dos municípios.

A audiência foi realizada no ginásio da Escola Estadual Nezinha Cunha Lima, inaugurada e entregue pelo governador Ricardo Coutinho. A Escola recebeu investimentos de mais de R$ 3 milhões e está equipada com 20 salas de aulas, biblioteca, auditório, espaços de convivências, além do ginásio.

Na abertura da solenidade, Ricardo falou da satisfação em realizar mais uma plenária na cidade de Campina Grande, encerrando um ciclo de audiências que oportunizou aos paraibanos o diálogo e a participação nas decisões orçamentárias do Governo.

“O Orçamento Democrático tem sido ao longo desses sete anos o principal fiador da inversão de prioridades que o Estado da Paraíba já conseguiu fazer. Essa foi uma longa jornada de aprendizado e de gente que, na primeira vez na Paraíba, teve direito e oportunidade de participar da política fora do período eleitoral. Este governo teve a coragem de quebrar isso e chamar as pessoas para outro patamar de construção e participação. Sinto-me honrado em pertencer a este governo e comandar uma plenária como esta”, destacou o governador Ricardo Coutinho.

Para a região, o chefe do executivo entregou créditos do Empreender PB, no valor de mais R$ 1,3 milhão, beneficiando pequenos e médios empreendedores e firmou convênios, por meio do Programa Pacto Pelo Desenvolvimento Social com as prefeituras da região, destinados à melhoria da infraestrutura das escolas. Foram sete ônibus escolares adquiridos (R$ 1,2 milhão), para atender às escolas dos municípios de Barra de São Miguel, Boqueirão, Cabaceiras, Natuba, Queimadas, Santa Cecília e Umbuzeiro; mais quatro laboratórios de informática, 72 computadores adquiridos (R$ 295 mil) para as escolas de Alcantil, Barra de São Miguel, Caturité e Queimadas; 26 laboratórios de ciências; e 10 conjuntos de carteiras escolares, sendo 2.100 novas carteiras adquiridas (R$ 416 mil) para renovação do mobiliário escolar das cidades de Alcantil, Aroeiras, Barra de São Miguel, Fagundes, Massaranduba, Queimadas, Riacho de Santo Antônio, Santa Cecília e Umbuzeiro.

O secretário executivo do Orçamento Democrático Estadual, Gilvanildo Pereira, falou que o Orçamento Democrático Estadual encerra positivamente mais um ciclo. “Ao logo destes dois últimos meses o Orçamento Democrático percorreu as 14 Regiões do Estado, ouvindo representantes da população dos 223 municípios paraibanos, que saíram de suas casas para vir dialogar diretamente e democraticamente. Contabilizamos uma média de participação de mais de 38 mil pessoas. Encerramos este ciclo com a certeza de que o povo da Paraíba já se apropriou desta ferramenta, implantada pelo governador Ricardo Coutinho, creditando nela a esperança de dias melhores para os paraibanos”, finalizou o secretário.

O gerente de Acompanhamento e Formação, do Orçamento Democrático Estadual, Noaldo Andrade, responsável pela região de Campina Grande, falou sobre o trabalho desenvolvido para a realização desta audiência. “A nossa equipe fez questão de percorrer toda a região partícipe desta audiência, com o grande apoio da Gerência de Educação da região, envolvendo atores sociais para hoje aqui dialogar com o Governo. Só temos a agradecer, inclusive aos movimentos sociais, por sempre se fazerem presente nas ações do Orçamento Democrático”, disse o gerente.

O governador também apresentou a prestação de contas das obras, ações e investimentos destinados à toda a região polarizada pela cidade de Campina Grande, a partir das prioridades eleitas no ciclo anterior. Segundo Ricardo, os investimentos totais foram de R$ 499 milhões, aproximadamente. O secretário de Estado do Desenvolvimento e Articulação Municipal, Buba Germano, foi quem detalhou os investimentos.

Na área da saúde, prioridade elencada no ciclo anterior, os investimentos totais foram de R$ 128,5 milhões com os custeios dos hospitais de Trauma de Campina Grande e o Regional de Queimadas (R$ 127,8 milhões) e reformas da Ala Clínica e cobertura dos dois hospitais.

Em educação, segunda prioridade mais votada ano passado, os investimentos somam mais de R$ 44,2 milhões, com a aquisição de sete ônibus escolares (R$ 1,2 milhão); quatro laboratórios de informática entregues (R$ 295 mil); 2.100 novas carteiras adquiridas (R$ 416 mil); Prêmio Escola de Valor (R$ 1,2 milhão) – 14 escolas / 729 servidores beneficiados; Prêmio Mestre da Educação (R$ 1,1 milhão) – 624 professores atendidos; aquisição de um ônibus (R$ 241 mil), para 3ª Gerência Regional de Educação, em Campina Grande; capacitação de 281 gestores escolares – Formação em Gestão Escolar, para toda a Região; reforma de 12 Escolas (R$ 11,9 milhões); uma Escola Técnica Estadual em construção (R$ 15,6 milhões) – obra em andamento; mais oito escolas com obras de reformas em licitação (R$ 8, 2 milhões) e mais uma a construir, a nova Escola Estadual Dep. Álvaro Gaudêncio de Queiroz, em Campina Grande, no valor de R$ 7,6 milhões.

Na segurança pública, terceira prioridade eleita, os investimentos prestados contas pelo secretário Buba Germano foram de R$ 9,6 milhões, com a implantação do Sistema Digital de Comunicação Padrão – TETRA (rádios e equipamentos), no valor de R$ 6,7 milhões); mais 58 viaturas entregues (R$ 2,5 milhões/ locação anual); aquisição de fardamento e materiais bélicos (R$ 282 mil); e aquisição de equipamentos e materiais de combate a incêndio (R$ 95 mil), para o 2º Batalhão de Bombeiros Militares, em Campina Grande. O secretário informou ainda que a região contabilizou 496 armas de fogo apreendidas, 1.221 operações realizadas, 38.926 pessoas atendidas e 895 Policiais Militares Premiados com o Prêmio Paraíba Unida Pela Paz – Redução nos Homicídios no 1º Semestre/2016, além de mais 228 Policiais Militares Premiados no 2º Semestre.

Além da prestação de contas das prioridades eleitas no ciclo anterior, Buba Germano, destacou outros investimentos nas áreas dos Recursos Hídricos (R$ 116,1 milhões), com destaques das obras de construção de três adutoras (R$ 58,7 milhões) –          4ª adutora de água tratada (Queimadas-Gravatá), em Campina Grande/Sistema Adutor de Natuba-Umbuzeiro-Santa Cecília/Sistema Adutor Aroeiras-Grado Bravo e mais cinco sistemas de abastecimento em construção (R$ 31,2 milhões) – Ampliação do abastecimento de água da cidade de Queimadas e Sistema Adutor de Boqueirão (Riacho de Santo Antônio, Barra de São Miguel, Alcantil). Ainda nos Recursos Hídricos houve investimentos com a ampliação de dois sistemas de esgotamento sanitário (R$ 9,3 milhões), no Bairro do Cruzeiro, em Campina Grande e Cabaceiras, e manutenção da rede de distribuição de água e rede coletora de esgotos (R$ 6,4 milhões), em Campina Grande.

Mais 13 sistemas de abastecimento rurais estão em implantação (R$ 2,2 milhões), nas comunidades de Alagoa Grande, Barra de São Miguel, Boqueirão, Cabaceiras, Caturité, Livramento, Soledade e  Taperoá e mais 19 que estão em fase de inicialização. O secretário anunciou ainda que em breve será relicitada a construção da Adutora Alcantil – Riacho de Santo Antônio, no valor de R$ 1,6 milhão.

Outros investimentos foram apresentados nas áreas do Desenvolvimento Humano (R$27,5 milhões), Empreender PB (R$ 4,4 milhões), estradas de rodagem (R$ 89,8 milhões), habitação (R$ 22,4 milhões), agropecuária e pesca (R$ 4,3 milhões) e infraestrutura (R$ 51,8 milhões). Nessa última área, os investimentos foram com a urbanização do Açude de Bodocongó (R$ 39,6 milhões) e urbanização do bairro do Mutirão (R$ 12,1 milhões), em Campina Grande.

Participaram desta audiência, os prefeitos das cidades de Barra de São Miguel, João Batista; Queimadas, prefeito José Carlos; prefeito de Riacho de Santo Antônio, Josevaldo da Silva; e o prefeito de Umbuzeiro, José Nivaldo. Também estiveram presentes os deputados estaduais, João Gonçalves, Cabo Sérgio Rafael, Adriano Galdino, Doda de Tião, Genival Matias e Inácio Falcão, além dos deputados federais Damião Feliciano e Wilson Filho.

Prioridades eleitas – Assim como nas demais 16 audiências realizadas neste ciclo, as pessoas presentes puderem eleger as três prioridades de investimentos para o orçamento do Governo do próximo ano. Foram elas: educação (1.192 votos), infraestrutura (377 votos) e segurança pública (305 votos). As obras e ações reivindicadas nas audiências, eleitas por prioridades de investimentos, serão debatidas entre os conselheiros do ODE e os secretários de Estado, no Planejamento Democrático, próxima etapa do ciclo 2017.

Eleição de conselheiros – A região de Campina Grande também elegeu os conselheiros do ODE que passarão a representar as microrregiões durante o próximo biênio. Foram eleitos 33 conselheiros titulares e cinco suplentes. Os conselheiros eleitos passam a acompanhar, voluntariamente, as ações e obras do Governo.