João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo e ministro entregam 597 casas em Mamanguape

sexta-feira, 1 de novembro de 2013 - 19:20 - Fotos: 

O governador Ricardo Coutinho e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, entregaram, na manhã desta sexta-feira (1), as 597 casas do Residencial Nossa Senhora da Penha II, em Mamanguape, dentro do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV). As chaves dos imóveis foram entregues durante solenidade no próprio residencial. Os investimentos, oriundos da parceria entre Governo Federal e Governo do Estado, somam R$ 27,9 milhões.

O residencial possui infraestrutura de calçamento, calçadas para passeio público, saneamento, água e energia elétrica, além de estar próximo de um hospital e de uma escola técnica estadual. Uma adutora de 906 metros também foi construída para o abastecimento de água dentro do residencial.

A primeira casa foi entregue à jovem Karina Kerley, de apenas 18 anos, que se emocionou ao receber as chaves ao lado de sua filha Analia Ketelin, de 3 anos. “Estou muito alegre em receber minha casa, onde poderei viver com meu esposo e minha filha. Estávamos há 5 anos morando de aluguel em um lugar pequeno, o que dificultava bastante, mas graças ao Governo do Estado e ao Governo Federal, iniciarei uma vida nova”, contou.

O governador Ricardo Coutinho afirmou que o Residencial Nossa Senhora da Penha II é fruto do esforço e do trabalho de cada um dos proprietários que realizam, enfim, o sonho da casa própria. Ele frisou que as casas mudam a vida e o destino das pessoas e fez um apelo para que os proprietários não vendam o imóvel em respeito aos seus filhos e ao futuro de suas famílias.

Ricardo destacou a parceria importante entre o Estado e o Ministério das Cidades para a construção das casas e de outros conjuntos do MCMV. “O ministro paraibano Aguinaldo Ribeiro tem sido um parceiro importante do Governo do Estado e vamos fazer outras parcerias de interesse do povo da Paraíba”, ressaltou.

O governador lembrou que muitos dos beneficiados moravam em barracas de lona num acampamento de sem teto, adiantando que no início do Governo firmou o compromisso de construir o residencial. “Hoje, graças a Deus, estamos aqui entregando quase 600 casas de qualidade, com ruas pavimentadas, saneamento básico, água, luz e total infraestrutura. Estamos construindo uma escola técnica estadual e concluindo o hospital com 128 leitos que vão oferecer serviços essenciais e uma melhor qualidade de vida para quem vive aqui”, completou.

Política habitacional - De acordo com Ricardo Coutinho, o Governo do Estado chega hoje a 6003 casas entregues e está construindo mais 10 mil unidades dentro de um padrão de qualidade que demonstram o esforço do Governo para a redução do déficit habitacional do Estado.

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, destacou a importância da parceria com o Governo do Estado para viabilizar a entrega do conjunto dentro dos padrões de qualidade exigidos pelo Minha Casa, Minha Vida. “O Governo Federal trabalha de forma republicana e não sofrerá nenhuma descontinuidade porque visa atender aos interesses do povo. Temos 64 mil unidades contratadas na Paraíba em parceria com o Governo do Estado e municípios com casas que seguem um padrão de qualidade, mas respeitando as características do local”, observou.

O ministro completou que estava na Paraíba para cumprir mais uma missão de entregar casas do programa MCMV que foram construídas dentro de um alto padrão pela Cehap. “Por isso, defendemos um modelo habitacional como esse em Mamanguape, que terá em seu entorno toda a infraestrutura e transporte na porta”, afirmou.

O vice-presidente de gestão da Caixa Econômica, Gilberto Ochio, informou que, graças ao subsídio do programa, o beneficiário pagará apenas R$ 3 mil ao longo de 10 anos, com uma prestação mínima de R$ 25 e máxima de R$ 100,00. “O melhor é que essas pessoas deixarão de pagar R$ 100, R$ 150 de aluguel para, com uma prestação mínima, ter um bem que é seu e passará para os seus filhos”, explicou.

A presidente da Cehap, Emília Correia Lima, informou que das 597 casas do residencial, 50 são adaptadas para idosos e pessoas com deficiência com 40 m² de área. Ela acrescentou que as demais unidades possuem 36,55 m² e todas têm sala, dois quartos, WC social, espaço de circulação, cozinha e área de serviço externa. “Esse residencial representa um marco de conjunto habitacional para toda a Paraíba pela qualidade das casas, por ser todo calçado, iluminado, com escola e hospital. Uma experiência a ser seguida como forma de respeitar a população”, ressaltou Emília.

A dona de casa Silvania Sousa disse que morava com dois filhos numa casa da família que estava à venda e vivia o medo diário de não ter para onde ir. “Mas a nossa casa chega em boa hora e terei uma vida nova e mais confortável com meus dois filhos. Hoje mesmo iniciarei a mudança, pois não vejo a hora de dormir e acordar em minha própria casa”, comemorou.

Também participaram da solenidade de inauguração do conjunto Nossa Senhora da Penha II o vice-governador Rômulo Gouveia; o superintendente regional da Caixa, Elan Miranda; a secretária de Desenvolvimento Humano, Cida Ramos; a secretária de Comunicação, Estela Bezerra; o secretário de governo, Adriano Galdino; o superintendente da Suplan, Ricardo Barbosa; os prefeitos Zenóbio Toscano (Guarabira), Celso Morais (Itapororoca), Olimpio Alencar (Mataraca) e Nadir Fernandes (Curral de Cima).