João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo e ministro da Saúde participam da abertura de congressos de HIV/Aids e Hepatites Virais em João Pessoa

quarta-feira, 18 de novembro de 2015 - 08:44 - Fotos:  Francisco França

O governador Ricardo Coutinho e o ministro da Saúde, Marcelo Castro, participaram, nessa terça-feira (17), da solenidade de abertura do 10º Congresso de HIV/Aids e do 3º Congresso de Hepatites Virais. A solenidade aconteceu no Teatro Pedra do Reino, no Centro de Convenções de João Pessoa. Na ocasião, Ricardo e o ministro destacaram os serviços disponibilizados pela rede pública de saúde e a importância dos congressos internacionais realizados na Paraíba para avanços no tratamento e na promoção da qualidade de vida dos pacientes.

“O SUS e a democracia são conquistas do povo brasileiro e é em nome dele que este evento deve se apropriar para perceber que é fundamental olhar adiante e construir novos horizontes”, ressaltou o governador.

O ministro Marcelo Castro lembrou que o Brasil tem até 2020 para atingir a meta 90-90-90, proposta que foi assumida por diversos países para acelerar ações que busquem o fim da epidemia de Aids. “Que estes congressos possam trazer contribuições significativas para o cumprimento desta meta e também para a luta contra as hepatites virais”, enfatizou Castro.

O ministro ainda destacou que a luta contra os agravos vai ser reforçada. “Estamos no caminho certo e precisamos de mais aprofundamento, que deve sair de eventos como este”, salientou. Ele também agradeceu a parceria com o Governo do Estado para a realização dos congressos e elogiou o Centro de Convenções.

A secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath, reforçou que os eventos devem promover a reflexão dos participantes sobre os objetivos da saúde pública. “Desejo que cada um dos congressistas faça do evento uma travessia das desigualdades rumo à equidade do direito à saúde pública de qualidade”, comentou a secretária.

Durante a abertura, o Ministério da Saúde, por meio do Departamento de HIV/Aids e Hepatites Virais, homenageou, com placas comemorativas, pessoas que contribuem para o combate às doenças. A médica e vice-reitora da Unifesp (São Paulo), Valéria Petri, foi uma das homenageadas.

Ela atendeu o primeiro paciente com Aids no Brasil, em 1982, e a partir daí tornou-se, além de referência no assunto, profissional engajada no combate à doença. “Fiquei muito feliz com a homenagem, mas a minha felicidade é maior ainda por perceber que a minha luta não foi em vão, pois um evento deste me dá a sensação de dever cumprido. No entanto, deixo claro que sempre estarei por perto, caso necessitem”, assegurou.

Logo após a abertura solene, o médico canadense Julio Montaner proferiu palestra. Ele mostrou que o fim dos níveis epidêmicos do HIV é possível até o ano de 2030, através da prevenção combinada e do aumento do número de pessoas iniciando, cada vez mais cedo, a terapia antirretroviral.

Ainda durante a solenidade, os estudantes atendidos pelo Projeto de Inclusão Social através da Música e das Artes (Prima) emocionaram o público com a apresentação de um concerto. Os eventos reúnem cerca de 3 mil participantes e seguem até esta sexta-feira (20). A programação está disponível no portal do Governo do Estado (www.paraiba.pb.gov.br).