Fale Conosco

18 de outubro de 2011

Ricardo discute riscos de desertificação na Paraíba



O governador Ricardo Coutinho recebeu, na manhã desta terça-feira (18), no Palácio da Redenção, o diretor do Instituto Nacional do Semi-Árido Celso Furtado (Insa), Ignácio Hermán Sakedo. Ricardo e Sakedo trataram de parcerias, visando a atuação articulada em benefício do semiárido.

Um dos temas abordados na audiência foi o risco de desertificação que atinge o Nordeste – mais especificamente, a Paraíba, onde 208 dos 223 municípios são suscetíveis ao fenômeno. Sakedo revelou que as ações de combate à desertificação são urgentes, e o manejo sustentável do bioma caatinga é uma dos primeiros passos a se tomar.

Segundo ele, serão necessários estudos, pesquisas e monitoramento constante das áreas em perigo de desertificação. “A solução virá somente em longo prazo. Em curto prazo, uma das alternativas é o monitoramento por satélite”, disse.

O secretário executivo da Indústria e Comércio, Marcos Procópio, que também participou da audiência, disse que o Governo da Paraíba e o Insa vão concentrar esforços na conservação do semiárido, com ações voltadas para a agricultura familiar.

A secretária executiva da Ciência, Tecnologia e Inovação, Francilene Garcia, também esteve na audiência.

Programa – Na semana passada, o Governo do Estado e diversos parceiros lançaram o Programa de Ação Estadual de Combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca no Estado da Paraíba (PAE-PB).

A sede do Insa fica na Avenida Francisco Lopes de Almeida, Sítio Salgadinho, Campina Grande (Alça Sudoeste, nas imediações do Detran-PB). O instituto foi criado em abril de 2004, como unidade de pesquisa do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT).