João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo discute políticas para mulheres com representantes da ONU e da UFPB

quarta-feira, 29 de novembro de 2017 - 17:00 - Fotos:  Francisco França/Secom Pb

O governador Ricardo Coutinho se reuniu, na tarde desta quarta-feira (29), na Granja Santana, com representantes da ONU Mulheres e da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), para discutir questões relacionadas às políticas públicas voltadas para a mulher. A UFPB está realizando um evento para a formalização da adesão da instituição ao Programa ElesPorElas (HeForShe) da ONU Mulheres, que visa promover a Igualdade de Gênero e o Empoderamento feminino e tem o apoio do Governo do Estado.

Na ocasião, o governador Ricardo Coutinho reforçou a importância da união entre as instituições e organizações no combate à violência contra a mulher e destacou que o Governo tem realizado diversas ações neste sentido. “Estamos fortalecendo, cada vez mais, as políticas públicas de combate à violência contra a mulher. Nos últimos anos, reduzimos em 30% o número de assassinatos de mulheres e também lutamos pelo combate da violência no lar, cometida pelos próprios companheiros. Precisamos do engajamento de toda a sociedade nesta luta e estamos abertos para colaborar com ações de empoderamento feminino”, frisou.

O Governo do Estado ampliou os órgãos de políticas públicas para as mulheres para 50 municípios que atuam interligados em uma rede estadual. A Secretaria da Mulher e Diversidade Humana trabalha de forma contínua em três eixos de ações: assistência, ação preventiva, com o desenvolvimento de campanhas educativas, e a parte de repressão, feita em conjunto com a Secretaria de Segurança e Defesa Social, por meio das delegacias das mulheres.

“É um trabalho complexo que o Governo não realiza sozinho, mas em parceria com os municípios e outros Poderes, além de contarmos com a colaboração da sociedade civil organizada. A ONU Mulheres é uma grande parceira que tem um histórico de atuação na área e poderá nos ajudar a implementar a lei do feminicídio na Paraíba, que precisa ser melhorada”, afirmou a secretária da Mulher e Diversidade Humana, Gilberta Soares.

A representante da ONU Mulheres no Brasil, Nadine Gasman, explicou que a Organização tem um trabalho em nível mundial de estímulo à promoção da igualdade de gênero por meio do movimento ElesPorElas. “É um chamado a todos, em especial aos homens, para se engajarem na luta pelo empoderamento das mulheres. A ideia é que, juntos, trabalhemos em prol da igualdade de gênero, gerando um protagonismo feminino. Esse movimento tem mais de um milhão de pessoas engajadas e faz uma convocação para transformação da sociedade”, finalizou.

O representante da UFPB, Ricardo Moreira, também aproveitou a audiência para pedir o apoio do Governo do Estado para a realização de um Congresso Nacional voltado para a discussão da violência contra as mulheres, que será realizado no segundo semestre do próximo ano, em João Pessoa. “A UFPB é a primeira universidade do Norte/Nordeste a aderir ao Programa ElesPorElas da ONU. Esse movimento quer mostrar à sociedade, principalmente para os homens, que a violência não faz bem a ninguém”, frisou.

ElesPorElas – O movimento ElesPorElas foi criado pela ONU Mulheres para fornecer uma abordagem sistemática e uma plataforma na qual o público possa participar e se tornar agente de mudança a fim de atingir a igualdade de gênero no mundo. O Programa convida as pessoas para caminharem juntas e implementarem soluções relevantes para o bem da humanidade. Para saber mais detalhes sobre as ações do movimento mundial ElesPorElas, basta acessar o site do movimento: elesporelas.org