João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo discute parceria com BNB para ampliação do uso de energia solar no Estado

quinta-feira, 14 de julho de 2016 - 19:30 - Fotos:  José Marques/ Secom PB

O governador Ricardo Coutinho recebeu na tarde desta quinta-feira (14), na Granja Santana, representantes do Banco do Nordeste (BNB) com quem discutiu parcerias para ampliação do uso de energia solar na Paraíba, por meio de uma nova linha de crédito voltada à geração de energia renovável, lançada recentemente, que visa reduzir custos e aumentar a produção de grandes e microempresas.

O governador Ricardo Coutinho avaliou as propostas de linha de crédito e destacou os benefícios do consumo de energia renovável. “O financiamento é compensado pela redução do consumo de energia tradicional e, consequentemente, há uma diminuição das despesas. Vamos ajudar a divulgar esses projetos e incentivar o uso. Quero respostas de tempo, firmar metas, desde que os termos e contrapartidas sejam justas e claras. Com isso, faremos reuniões mensais para cobrar os resultados, pois a Paraíba apresenta um potencial enorme”, disse o governador.

Os dados foram apresentados pelo diretor de Negócios do BNB, Joaquim Cruz, que destacou as vantagens do financiamento. “Queremos aplicar cerca de R$ 1 bilhão em 2016 na Paraíba nesta linha de crédito. Já temos casos de sucesso com pequenos agricultores rurais que aumentaram e melhoraram sua produção tendo um reflexo direto na vida pessoal. Já entramos em contato com a Cehap que demonstrou interesse em conhecer esses produtos de energia de sucesso, bem como nos reunimos com a Cagepa para que possa utilizar a energia renovável em consumo próprio, o que pode gerar uma redução de custos extraordinários, além de promover uma eficiência operacional e ampliar a rentabilidade da empresa”, disse.

Acesso ao crédito bancário - As condições de acesso ao crédito do FNE Sol têm como eixos principais o pagamento em até 12 anos, com até um ano de carência e financiamento de até 100% do investimento com um risco mínimo de inadimplência pelos empresários.

O superintendente do Banco do Nordeste na Paraíba, Wesley Gonçalves Maciel, avaliou a reunião de maneira positiva, na qual os representantes da instituição puderam apresentar ao governador dados concretos de benefícios ao pequeno agricultor. “Proporcionamos os kits de energia solar e mostramos que houve melhora significativa da produção. A partir de agora, junto com a Emater, faremos novas parecerias voltadas também às grandes indústrias. Essa parceria com o Governo do Estado também vai beneficiar as empresas que já nos procuraram para investir na Paraíba. Antes o sol que nos castigava agora passa a ser nossa redenção e produtora de riquezas”, finalizou.

O secretário de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Rômulo Montenegro, que também participou da reunião, destacou os avanços já firmados em reuniões com representantes da Emater, Sudema, Aesa e BNB de benefício ao pequeno agricultor. “Existe uma concorrência entre energia elétrica e a fotovoltaica e precisávamos incentivar e atrair o agricultor familiar para o uso da energia limpa. Por isso, retiramos alguns entraves de natureza ambiental, ampliação de área e esperamos que, nos próximos três meses, possamos firmar cerca de 500 novos contratos financiados pelo BNB”, completou.

O FNE Sol do Banco do Nordeste é destinado a empresas de todos os portes e setores, produtores e empresas rurais, cooperativas e associações. Podem ser financiados sistemas completos envolvendo geradores de energia, inversores, materiais auxiliares e instalação.