João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo discute investimentos no ensino técnico com o presidente do FNDE, em Brasília  

quinta-feira, 5 de maio de 2016 - 16:17 - Fotos: 

O governador Ricardo Coutinho se reuniu, nesta quinta-feira (5), com o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), em Brasília, para discutir investimentos em escolas técnicas na Paraíba; e aproveitou a ocasião para solicitar recursos para as novas escolas técnicas do Estado. O governador esteve acompanhado dos secretários Aléssio Trindade (Educação) e Lindolfo Pires (Representação Institucional).

Ricardo considerou o encontro foi bastante produtivo. “Estou fechando com o presidente do FNDE, Gastão Vieira, a liberação de uma primeira parcela de investimentos das seis Escolas Técnicas da Paraíba, as quais estamos providenciando as licitações. Na semana passada, autorizamos a licitação da unidade de Serra Branca, que vai ser a Escola Técnica do Cariri, atendendo a demanda daquela área. Vamos ter esse tipo de escola em todas as regiões do Estado”, ressaltou.

Após a reunião, o governador também fez um balanço da atual situação do ensino técnico no Estado da Paraíba. “Temos três Escolas Técnicas em funcionamento, três em construção, já para concluir até julho e ainda faremos mais seis unidades que pretendemos iniciar o quanto antes, em Patos, Sousa, Itaporanga e outros municípios. Portanto é um investimento alto que fazemos na educação, para poder potencializar, cada vez mais, o ensino técnico, que é um ensino integral, com professores em turno integral também e com uma filosofia pedagógica diferenciada daquilo que já existe na maior parte do país”, ressaltou Ricardo.

Escolas Técnicas - Atualmente, a Paraíba tem três escolas técnicas estaduais em funcionamento. Uma em Mamanguape (Escola Técnica Estadual João da Matta Cavalcanti), uma em Bayeux (Escola Técnica Estadual Erenice Cavalcante Fidelis) e uma em João Pessoa (Escola Técnica Estadual pastor João Pereira Gomes Filho), no bairro de Mangabeira.

FNDE - O FNDE implanta políticas públicas para a educação e contribui com a qualidade das escolas municipais, estaduais e do Distrito Federal, destinando recursos financeiros, nos moldes operacionais e regulamentares do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE). Um dos objetivos deste recurso é viabilizar que as unidades de ensino realizem atividades de educação em tempo integral, em conformidade com o Programa Mais Educação.