Fale Conosco

3 de abril de 2018

Ricardo decreta situação de emergência em 196 municípios paraibanos



O governador Ricardo Coutinho decretou situação de emergência em áreas de 196 municípios paraibanos. O decreto, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (3), levou em consideração a persistência da escassez de água no Estado por irregularidades pluviométricas, e que a estiagem prolongada tem provocado prejuízos significativos às atividades produtivas, especialmente à pecuária e à agricultura.

O gerente executivo de Defesa Civil, George Saboia, destacou que o decreto de situação de emergência nesses 196 municípios se deve ao fato de que as chuvas caídas até agora não foram suficientes para a recarga dos mananciais. “Ainda temos 162 municípios abastecidos por carros-pipa pelo Exército Brasileiro. Para que o Governo Federal repasse a verba necessária para esse abastecimento, é preciso que haja situação de emergência. Além disso, há 30 municípios, em áreas da zona urbana, em colapso total”, explicou.

Com o decreto de situação de emergência, o Poder Executivo Estadual fica autorizado a abrir crédito extraordinário para enfrentar a situação de desabastecimento vivida por esses 196 municípios, além de convocar voluntários para reforçar as ações de combate ao desastre natural, entre outros.

O decreto, válido por 180 dias, contempla os municípios de Água Branca, Aguiar, Alagoa Grande, Alagoa Nova, Alcantil, Algodão de Jandaíra, Amparo, Aparecida, Araçagi,Arara, Araruna, Areia, Areia de Baraúnas, Areial, Aroeiras, Assunção, Bananeiras, Baraúna, Barra de Santa Rosa, Barra de Santana, Barra de São Miguel, Belém, Belém do Brejo do Cruz, Bernardino Batista, Boa Ventura, Boa Vista, Bom Jesus, Bom Sucesso, Bonito de Santa Fé, Boqueirão, Brejo do Cruz, Brejo dos Santos, Cabaceiras, Cachoeira dos Índios, Cacimba de Areia, Cacimba de Dentro, Cacimbas, Caiçara, Cajazeiras, Cajazeirinhas, Caldas Brandão, Camalaú, Campina Grande, Capim, Caraúbas, Carrapateira, Casserengue, Catingueira, Catolé do Rocha, Caturité, Conceição, Condado, Congo, Coremas, Coxixola, Cubati, Cuité, Cuité de Mamanguape, Curral Velho, Damião, Desterro, Diamante, Dona Inês, Duas Estradas, Emas, Esperança, Fagundes, Frei Martinho, Gado Bravo, Guarabira.

E ainda: Gurinhém, Gurjão, Ibiara, Igaracy, Imaculada, Ingá, Itabaiana, Itaporanga, Itatuba, Jericó, Joca Claudino (Santarém), Juarez Távora, Juazeirinho, Junco do Seridó, Jurú, Lagoa, Lagoa de Dentro, Lagoa Seca, Lastro, Livramento, Logradouro, Mãe D’Água, Malta, Mamanguape, Manaíra, Marizópolis, Massaranduba, Matinhas, Mato Grosso, Maturéia, Mogeiro, Montadas, Monte Horebe, Monteiro, Mulungu, Natuba, Nazarezinho, Nova  Floresta, Nova Olinda, Nova Palmeira, Olho D’Água, Olivedos, Ouro Velho, Parari, Passagem, Patos, Paulista, Pedra Branca, Pedra Lavrada, Pedro Régis, Piancó, Picuí, Pilar, Pilões, Pirpirituba, Pocinhos, Poço Dantas, Poço de José de Moura, Pombal, Prata, Princesa Isabel, Puxinanã, Queimadas, Quixaba, Remígio, Riachão, Riachão do Bacamarte, Riacho de Santo Antônio, Riacho dos Cavalos, Salgadinho, Salgado de São Félix, Santa Cecília, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Terezinha, Santana de Mangueira, Santana dos Garrotes.

Outros municípios contemplados no decreto são: Santo André, São Bentinho, São Bento, São Domingos, São Domingos do Cariri, São Francisco, São João do Cariri, São João do Rio do Peixe, São João do Tigre, São José da Lagoa Tapada, São José de Caiana, São José de Espinharas, São José de Piranhas, São José de Princesa, São José do Bonfim, São José do Brejo do Cruz, São José do Sabugi, São José dos Cordeiros, São José dos Ramos, São Mamede, São Miguel de Taipú, São Sebastião de Lagoa de Roça, São Sebastião do Umbuzeiro, São Vicente do Seridó, Serra Branca, Serra da Raíz, Serra Grande, Serra Redonda, Sertãozinho, Sobrado, Solânea, Soledade, Sossego,  Sousa, Sumé, Tacima, Taperoá, Tavares, Teixeira, Tenório, Triunfo, Uiraúna, Umbuzeiro, Várzea, Vierópolis, Vista Serrana, Zabelê.