João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo discute regulamentação do transporte alternativo na Paraíba

terça-feira, 19 de novembro de 2013 - 17:24 - Fotos:  Roberto Guedes / Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho recebeu em audiência, na manhã nesta terça-feira (19), uma comissão de representantes do sindicato e da cooperativa dos transportes públicos alternativos da Paraíba e da Federação Nacional do Transporte Alternativo. Na pauta, o diálogo para elaboração de um projeto de lei que regulamente o transporte complementar intermunicipal no Estado.

O encontro aconteceu na Granja Santana e contou com a presença do diretor-superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Carlos Pereira, e da diretora de Transportes do órgão, Nilza Maria Magalhães.

Ricardo Coutinho observou que o projeto de lei precisa ser consensual e que o transporte deve complementar as linhas regulares das empresas de ônibus. Carlos Pereira explicou que o transporte complementar atua nas áreas onde o transporte regular não circula. O superintendente do DER avaliou que a reunião foi produtiva e adiantou que ainda esta semana haverá uma reunião com os empresários das empresas de transportes coletivos e depois com os taxistas para discutir a proposta.

O presidente da Cootranspat-PB, Carlos Lima, avaliou que a reunião foi muito positiva: “Passamos para ele todas as informações sobre transporte alternativo hoje na Paraíba, quais as necessidades de nossos companheiros e o governador vai conversar com empresários dos ônibus e taxistas. O que nós queremos é a regulamentação”.

O presidente do Sindcatpa-PB, Iramar Menezes de Sousa, disse estar muito confiante e que com a regulamentação todos só têm a ganhar: a população, as empresas de ônibus, os alternativos e os taxistas “porque vai ter um controle do governo e haverá limite e regra para todo mundo”.

O presidente da Federação Nacional de Transporte Alternativo, Expedito Bandeira, acredita que na Paraíba a luta da categoria pela legalidade será concretizada. “A categoria quer a legalidade e por meio da regulamentação vem a melhoria do transporte com veículos mais novos e outras providências”, afirmou, acrescentando que nos estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará e Alagoas esse tipo de transporte já foi regulamentado.