João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo Coutinho participa de lançamento de programas federais

quarta-feira, 9 de novembro de 2011 - 11:00 - Fotos:  Roberto Stuckert

Governador Ricardo com a presidente Dilma Rousseff, em Brasília. Foto: Roberto Stuckert

O governador Ricardo Coutinho participou, nesta terça-feira (8), da cerimônia de lançamento dos programas de atendimento domiciliar “Melhor em Casa” e “SOS Emergências”, do Governo Federal. O evento contou também com a presença do vice-governador Rômulo Gouveia.

A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, lançaram os programas, que tentam atingir os principais gargalos da saúde, que são a falta de leitos e a área de urgência e emergência. Segundo a presidente, o objetivo é criar um novo padrão de qualidade no atendimento aos que procuram o Sistema Único de Saúde (SUS). “Para fazer funcionar bem o SUS, é preciso uma parceria republicana. Parte dos problemas pode ser resolvida com o que já temos. Mas podemos fazer mais. O SOS Emergências e o Melhor em Casa são duas oportunidades únicas para reforçar esse pacto em bases concretas”, disse Dilma.

Ricardo Coutinho informou que o Estado vai se credenciar ao programa de atendimento domiciliar para garantir que pessoas com reabilitação motora, idosos, pacientes crônicos e em situação de pós-cirurgia tenham uma assistência multiprofissional na casa dos pacientes.

Ele lembrou que, quando prefeito de João Pessoa, adotou um programa semelhante de atendimento domiciliar na casa do paciente com uma equipe específica por distrito sanitário. “A experiência deu certo no município. Com essa nova portaria, vamos preparar o Estado para ampliar esses atendimentos, que proporcionarão um bem estar maior a pacientes e familiares e, ao mesmo tempo, contribuirão para descongestionar os hospitais”, destacou.

Programas – O programa “Melhor em Casa” tem como meta, até 2014, estar implantado em todas as regiões, com mil equipes de atenção domiciliar e 400 equipes de apoio. O investimento do Ministério da Saúde será de R$ 1 bilhão para custear o atendimento. Somente este ano, serão repassados R$ 8,6 milhões para Estados e municípios para o início das atividades e a manutenção dos serviços.

O “SOS Emergência” é uma ação estratégica para a qualificação da gestão e do atendimento dos grandes hospitais, com a criação da Rede Saúde Toda Hora. O programa pretende alcançar, até 2014, os 40 maiores prontos socorros brasileiros, dos quais devem estar incluídos os Hospitais de Trauma de João Pessoa e de Campina Grande.

Cada um desses hospitais receberá, anualmente, R$ 3,6 milhões do Ministério da Saúde para custear a ampliação e qualificação da assistência da emergência. Também poderão receber individualmente até R$ 3 milhões para aquisição de equipamentos e realização de obras e reformas na área física do pronto-socorro.