João Pessoa
Feed de Notícias

Governador inaugura estrada e autoriza obras na plenária do ODE em Picuí

domingo, 21 de abril de 2013 - 12:05 - Fotos: 

O governador Ricardo Coutinho inaugurou neste sábado (20), a restauração da PB-137, no trecho entre Picuí e o entroncamento da BR-104. O ato se deu na abertura da audiência do Orçamento Democrático Estadual, realizada na noite desse sábado no ginásio municipal de Picuí, sede da quarta Região Geoadministrativa. O governo do Estado investiu R$ 11,5 milhões na obra que irá beneficiar 40 mil habitantes dos municípios de Frei Martinho, Picuí, Baraúna e Barra de Santa Rosa.

Ricardo também assinou a ordem de serviço para construção do ginásio da escola estadual Vidal de Negreiros, em Cuité, no valor de R$ 270 mil, e entregou simbolicamente 1.912 tablets, além de bicicletas e kits esportivos para alunos da região.

O governador também liberou R$ 360 mil em financiamentos do Empreender para 120 empreendedores individuais, entregou duas viaturas para a Polícia Civil e 21 habilitações sociais. Ricardo Coutinho garantiu que  fará as licitações das cinco escolas com obras paradas na região, e que concluirá até dezembro a escola técnica estadual, que está em obras.

Antes de ouvir as demandas apresentadas pela população para o orçamento de 2014, o governador Ricardo Coutinho fez uma prestação de contas nas áreas de saúde, educação, estradas, habitação, e de programas como o Empreender e Cooperar. Dentre as ações e obras enumeradas na região estão 290 casas concluídas e 60 em construção, R$ 57 milhões investidos na construção de 150 km de estradas, R$ 170 mil em poços, 1.834 cisternas, liberação de R$ 2,5 milhões em recursos do Empreender e R$ 3,7 milhões pelo Cooperar.

Estradas – Nesses dois anos e quatro meses de governo foram restaurados o acesso a São Vicente do Seridó, a PB-137, entroncamento da BR-104-Picuí, a PB-167- entroncamento da PB-177- Cubati, a restauração da PB-177- Soledade a Picuí e a pavimentação da PB-177- trecho Picuí e Frei Martinho, e o acesso a Bom Bocadinho. Também foi autorizado o início da PB-167, ligando Sossego à BR-104. “Queremos até o final de 2014 deixar todas as cidades do Curimataú com acesso asfáltico. Não haverá nenhuma estrada sem que seja de boa qualidade no Curimataú”, disse o governador.

Barragem – Em sua fala, o governador Ricardo Coutinho anunciou a licitação nas próximas semanas da Barragem do Retiro com capacidade de 50 milhões de metros cúbicos, que será complementada por um sistema de adutoras, um investimento de R$ 40 milhões. Ele garantiu a inauguração da adutora de Sossego, que estava prevista para ser neste sábado, mas que teve os canos cerrados por ato de vandalismo, impedindo a chegada de água no município.

Ricardo também informou sobre os investimentos de mais de R$ 2 milhões na instalação das estações de tratamento de água em Picuí, Nova Palmeira, Cuité, Nova Floresta e Frei Martinho para ajudar aos municípios superarem o problema ocasionado pela estiagem.

De acordo com Ricardo Coutinho, o grande legado do orçamento estadual não são apenas as obras, mas o que podemos deixar para o futuro e a mudança da mentalidade das pessoas: “Ver mais de mil pessoas que saíram espontaneamente de suas casas para dar sua contribuição na construção de uma Paraíba mais forte e desenvolvida é realmente algo novo”, ressaltou Ricardo.

O prefeito de Picuí, Acácio Dantas agradeceu pela forma “democrática e republicana” que governo adotou para ouvir a população: “Mostra uma lógica benéfica para o povo. Assim como também é importantíssimo o Pacto Social onde Estado e prefeituras pactuam juntos obras que estão mudando a realidade da população, como o Núcleo de Apoio à Criança e ao Adolescente, do Parque Ambiental e do Centro de Capacitação dos Professores, num investimento de R$ 750 mil”, lembrou Acásio.

Para a subsecretária do Orçamento Democrático,  Ana Paula Almeida, as audiências registram uma importante participação da população, que tem comparecido para falar sobre os problemas de suas cidades. “Observamos um aumento quantitativo e qualificativo na participação popular nas plenárias. Os pleitos apresentados pela população vêm sendo atendidos, o que consolida este instrumento de planejamento público em parceria entre governo e sociedade”, avaliou.