Fale Conosco

14 de setembro de 2011

Ricardo Coutinho abre Festival de Artes de Areia nesta quarta-feira



O governador Ricardo Coutinho participará, na noite desta quarta-feira (14), da abertura do 12º Festival de Arte de Areia às 20h30, em solenidade que ocorrerá num palco montado na principal praça da cidade (Calçadão João Cardoso). Logo depois, haverá apresentação do cantor e compositor paraibano Zé Ramalho.

O festival, que este ano terá participação exclusiva de artistas paraibanos, será realizado até o próximo domingo (18). Serão 650 participantes entre artistas, intelectuais e profissionais da cultura. Haverá 100 atividades durante os cinco dias do evento.

Nesta quarta-feira, a sede do Governo Estadual se transferiu para Areia, onde o governador se reunirá com prefeitos da região e despachará com auxiliares. À noite, na cerimônia de abertura, o governador assinará decreto que restabelece o Conselho Estadual de Cultura.

Clima – Pela cidade já é possível observar as estruturas que receberão até domingo as atividades do festival. O palco principal, montado no Calçadão João Cardoso, vai receber na noite desta quarta-feira o show de Zé Ramalho, que abre a programação musical do evento.

Às 16h, no Casarão José Rufino, será lançado o livro “Festival de Artes”, organizado pelo Instituto do Patrimônio Artístico Nacional (Iphan). A publicação conta a história do festival e fala sobre a última edição, realizada em 2008.

Neste primeiro dia do evento também acontecem oficinas, exposições de artes plásticas, debates e mostras artísticas, nos mais de dez espaços distribuídos pela cidade. A programação completa pode ser acessada através do endereço www.festivaldeareia.pb.gov.br.

Retrospectiva – Criado em 1976, o Festival de Artes de Areia foi realizado consecutivamente até 1982, quando foi interrompido por se caracterizar como espaço de efervescência política em pleno declínio do regime militar.
O festival voltou a ser realizado por produtores locais nos anos de 98, 99, 2005 e 2008, mas sem apoio do Governo do Estado. Agora volta com uma programação multicultural.