João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo Barbosa representa governador na reunião com a bancada federal em Brasília

segunda-feira, 25 de abril de 2011 - 18:39 - Fotos: 

O secretário executivo do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) na Paraíba, Ricardo Barbosa, participa nesta terça-feira (25), em Brasília, da reunião da bancada federal, coordenada pelo deputado federal Ruy Carneiro (PSDB), para discutir as ações de desenvolvimento do Estado da Paraíba. Na ocasião, Ricardo vai representar o governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB).

Barbosa disse acreditar na intenção do grupo formado pela bancada congressista paraibana e que o governo vai contribuir para alavancar os projetos propostos pelos parlamentares e pelo próprio Governo do Estado. “Vamos alinhavar quais são os eixos e as principais prioridades onde os representantes paraibanos irão apostar e somar esforços junto ao governador Ricardo Coutinho para que possamos ter com a presidente Dilma uma postura de maior celeridade nas ações que estamos delineando para a Paraíba. Eu quero apostar que isso é para valer”, ressaltou.

Barbosa disse estar absolutamente convicto de que esse esforço das bancadas em torno de propósitos se firme na maior concretude, pois a Paraíba tem sofrido ao longo dos anos com a disputa renhida entre oposição e governo, a qual não tem construído projeto algum para o Estado.

“Nós não conseguimos ao longo desse tempo construir uma identidade estadual em defesa de um projeto macro, de um eixo estruturador de desenvolvimento alavancador para o nosso Estado justamente porque as forças políticas nunca se uniram em defesa de uma causa que fortalecesse o crescimento econômico da Paraíba”, argumentou.

Dentre o elenco das ações que serão discutidas, o secretário destacou a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Município de Santa Rita para fortalecer a região metropolitana de João Pessoa; a Estação Aduaneira de Campina Grande (Porto Seco), cujo terreno já está desapropriado e será uma obra muito importante para alavancar a economia do município e região polarizada; a Transnordestina; a ampliação do Porto de Cabedelo, além do aporte de R$ 210 milhões para obras que estão na bacia contributiva do Rio São Francisco referente à transposição.