João Pessoa
Feed de Notícias

Governador autoriza obras nas cidades de Cabaceiras e Caraúbas

sábado, 9 de março de 2013 - 10:38 - Fotos: 

O governador Ricardo Coutinho começou a maratona do saneamento básico nesta sexta-feira (08), no Cariri Paraibano, pelas cidades de Cabaceiras e Caraúbas. Mais de 13 mil pessoas serão beneficiadas com obras de implantação de esgotamento sanitário. Os investimentos nas duas obras são na ordem de R$ 9.078.131,83

De acordo com Ricardo Coutinho, o Governo tem priorizado obras estruturantes, que vão mudar significativamente a vida das pessoas. “Saneamento básico é fundamental. Só em Cabaceiras são mais de R$ 5 milhões de investimentos. O Cariri vem mudando, estamos interligando cidades, trazendo renda através do Empreender-PB, trazendo hospitais, adutoras. Estamos valorizando a presença do homem e da mulher do Cariri, pois o que nos interessa é a dignidade das pessoas, a necessidade delas. Essa é a preocupação do Governo do Estado”, frisou o governador.

Para o prefeito da cidade de Cabaceiras, Luiz Aires, as obras vão trazer qualidade de vida para quase seis mil moradores da Roliúde Nordestina. “Nossa cidade dará mais um passo para o progresso. Só temos que agradecer ao governador Ricardo Coutinho por essa obra, que vai melhorar a vida de tantas pessoas”, comemorou o prefeito.

Morando na cidade há mais de 48 anos, o aposentado João Moraes Gouveia, acredita que agora o desenvolvimento vai chegar à região. “O Cariri tem um problema antigo de água e saneamento básico. Hoje, depois de ver o governador autorizar essas obras, acredito que nossa situação vai melhorar e muito!”, afirmou o aposentado.

Caraúbas – Já no início da tarde, o governador Ricardo Coutinho assinou a ordem de serviço para obras de esgotamento sanitário na cidade de Caraúbas. Orçada em R$ 4,1 milhões, a obra beneficiará diretamente mais de 7 mil habitantes.

Ricardo Coutinho foi recebido pela população e pela Orquestra Filarmônica 5 de maio, regida pelo maestro Laudemir, no clube Josetão, no centro da cidade.

Para a funcionária pública Sildenia Fernandes, a visita de Ricardo à cidade já mostra a preocupação do Governo com a população, pois, de acordo com a servidora, nunca um governador havia tido a preocupação de ir in loco autorizar obras. “Nossa situação de água e saneamento básico sempre foi muito precária. Esse investimento do Governo vai melhorar a vida das pessoas do nosso município. Nunca vi um governador vindo fazer isso em Caraúbas. Ricardo Coutinho foi o único a se preocupar com o Cariri”, afirmou Sildenia.

O prefeito de Caraúbas, Severino Virgínio da Silva, comemorou a autorização das obras. “Nós do Cariri acompanhamos o que o governador tem feito pela nossa região. Só temos que agradecer por todo trabalho e atenção que ele tem dado ao nosso povo”, enfatizou o prefeito.

Ricardo falou dos investimentos que estão sendo realizados na região do Cariri: “São R$ 400 milhões de investimento só para o Cariri paraibano, uma região que tinha poucas estradas asfaltadas e sem perspectivas de desenvolvimento. Hoje, esta realidade está mudando, a região está se transformando. Estamos fazendo aqui a maior estrada já construída, o anel do Cariri; eu sei da importância de uma estrada e de quanto ela é fundamental para o município. O Cariri está sendo olhado com a honra e a necessidade que precisa ser olhada”.

O governador finalizou fazendo uma homenagem às mulheres paraibanas: “As mulheres ocupam papeis cada vez mais importantes na sociedade. É preciso que os homens compreendam e respeitem cada vez mais esses papeis. Que nós façamos, neste mês de março, um grande momento de reflexão e avanço”.

Participaram da solenidade os secretários João Azevedo Lins Filho (Recursos Hídricos, Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia); Manoel Ludgério (Desenvolvimento e da Articulação Municipal); Adriano Galdino (secretário-chefe do governo); os deputados Trócolli Júnior, Francisco de Assis Quintans, João Henrique, além de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e conselheiros do Orçamento Democrático da região do Cariri.

As fontes dos recursos são do Orçamento Geral da União (OGU) e Fundação Nacional de Saúde (Funasa).   A previsão é de que as obras sejam finalizadas em abril de 2014.