João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo autoriza início do sistema de tratamento de esgoto de Coremas

terça-feira, 8 de janeiro de 2013 - 16:57 - Fotos:  Alberi Pontes / Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho autorizou, nesta terça-feira (8), o início das obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário do município de Coremas, no Alto Sertão paraibano, que vai beneficiar mais de 15 mil habitantes. A solenidade aconteceu na Praça da Alimentação, em Coremas.

A implantação do sistema de esgotamento na cidade está inserida no pacote de obras, no valor de R$ 38 milhões, para a instalação de rede de coleta e tratamento também dos municípios de São Bento, Belém do Brejo do Cruz e São José de Piranhas. Somente no sistema de esgotamento de Coremas estão sendo investidos de R$ 8 milhões, em recursos do Governo Federal e do Governo do Estado.

De acordo com o governador, Coremas chegará a uma cobertura de esgotamento superior a 80%, o que significa um avanço muito grande, já que hoje não existe tratamento de esgoto no município. “Com esse investimento construiremos uma estação elevatória e uma estação de tratamento, que evitará que o esgoto continue a céu aberto e sendo depositado ‘in natura’ no Rio Piancó”.

Segundo Ricardo, o próximo passo é discutir parcerias com o município e o Governo Federal para fazer o tratamento e abastecimento da água de Coremas, que garanta a saúde dos moradores. “Como o abastecimento aqui não é uma responsabilidade da Cagepa, a água do açude de Coremas é consumida sem  tratamento, oferecendo riscos à saúde da população. Essa é uma situação que não pode continuar e vamos buscar uma forma de realizar o tratamento da água”, explicou.

O secretário de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, João Azevedo, disse que o sistema contará com uma estação de tratamento, uma estação elevatória, uma rede de distribuição de 18.266,11 metros  e 2.051 ligações domiciliares.  “As obras serão iniciadas nesta semana e a previsão de conclusão é de um ano”, explicou.

João Azevedo destacou que o tratamento do esgoto de Coremas tem uma relevância ambiental, já que deixará de ser depositado no Rio Piancó, que pode passar a ser um braço do Rio São Francisco na Paraíba, de acordo com o projeto de transposição. “Infelizmente, o Rio Piancó recebe o esgoto ‘in natura’ de outros municípios, como Diamante e Piancó. Mas, trabalhamos na perspectiva de, em parceria com o Governo Federal, resolver esse passivo ambiental”.

O prefeito de Coremas, Antônio Lopes, o ex-prefeito Edilson Pereira, o deputado estadual Antônio Mineral, o secretário de Recursos Hídricos, João Azevedo, e o presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, prestigiaram a solenidade. De acordo com o prefeito Antônio Lopes, o povo de Coremas está feliz e grato por mais uma obra importante do Governo do Estado, assim como foi a ligação do município à BR-230. “Esse saneamento básico representa saúde e saúde é vida para o nosso povo”, ressaltou o prefeito.

A pescadora Balbina Moreira informou que em sua rua o esgoto corre a céu aberto, causando risco de contaminação de doenças, principalmente para as crianças. Ela disse que outro problema é que alguns dejetos são depositados no açude de Coremas ou no Rio Piancó, o que prejudica a atividade da pesca e o meio ambiente. “Essa obra do governo chegou em boa hora”, completou.