Fale Conosco

16 de setembro de 2011

Ricardo autoriza contratação de 50 servidores aprovados em concurso para a Agricultura



O governador Ricardo Coutinho autorizou, no final da tarde desta sexta-feira (16), a contratação de 50 candidatos aprovados em concurso público para a Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca. O concurso foi realizado em 2009 e a ordem é para que os novos servidores sejam contratados o mais rápido possível, segundo informou o secretário Marenilson Batista da Silva.

O anúncio da contratação foi feito no Palácio da Redenção, em João Pessoa, durante solenidade de assinatura de convênio entre o Governo do Estado (por meio da Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca) e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com o objetivo de reestruturar e manter o sistema unificado de atenção à sanidade vegetal da Paraíba. “Estou autorizando, através do secretário Marenilson, a contratação de oito médicos veterinários, dois engenheiros agrônomos e 40 técnicos em Agropecuária, que haviam feito um concurso, mas que não haviam sido chamados”, ressaltou o governador.

Os novos servidores irão trabalhar na defesa agropecuária da Paraíba. Eles terão a missão de reverter o quadro preocupante encontrado pela atual administração estadual em relação às barreiras sanitárias impostas ao Estado da Paraíba. “Antes mesmo de assumir o Governo, em dezembro de 2010, recebi ofício do governador de Pernambuco compartilhando preocupações com a governadora do Rio Grande do Norte acerca da fragilidade das nossas fronteiras, do ponto de vista da sanidade vegetal e animal”, comentou Ricardo Coutinho.

Ele acrescentou que essa fragilidade estava provocando sérios prejuízos para o Estado, inclusive impedindo-o de obter financiamentos federais para o setor agrícola, e ainda provocando a sobretaxação dos produtos paraibanos no mercado externo. “Se a Paraíba não tinha uma política capaz de garantir a saúde dos seus produtos, sejam animais ou vegetais, ela naturalmente não poderia vender lá fora, ultrapassar a fronteira ou sequer colocar esses produtos dentro de um supermercado instalado em seu próprio território”, explicou.

Ricardo Coutinho lembrou que, após assumir o Governo, coube à Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca estabelecer todo um cronograma junto ao Ministério da Agricultura, de aproximação, de construção, de fixação de metas, para que a Paraíba se credenciasse a acessar os recursos da ordem de mais de R$ 17 milhões que estão para ser investidos no Estado.

Para cumprir as metas estabelecidas, segundo o secretário Marenilson, a contratação dos novos servidores é essencial. “O governador compreendeu e entendeu a importância da contratação dessas pessoas para que a gente possa cumprir as metas do Ministério da Agricultura e fazer com que convênios de quase R$ 18 milhões possam ser aplicados no Estado”, enfatizou.