Fale Conosco

11 de maio de 2013

Ricardo autoriza adutora de Camalaú e beneficia mais de 15 mil pessoas



ORDEM DE SERVIÇO ADUTORA SAO SEBASTIÃO DO UMBUZEIRO 2 270x162 - Ricardo autoriza adutora de Camalaú e beneficia mais de 15 mil pessoasO governador Ricardo Coutinho assinou, nesse sábado (11), a ordem de serviço para construção do sistema adutor de Camalaú, que vai garantir água tratada para mais de 15 mil habitantes nos municípios de Camalaú, São João do Tigre, São Sebastião do Umbuzeiro, Zabelê e as comunidades de Cacimbinha e Jaburu.  Serão investidos mais de R$ 21 milhões na construção do sistema de adutoras dentro do PAC Estiagem.

A autorização da obra foi festejada pela população de São Sebastião do Umbuzeiro que também comemorou a realização de outro sonho: o asfaltamento da estrada que  liga a cidade a Zabelê.

A adutora vai ter 87,3 km saindo da barragem de Camalaú, passando por São João do Tigre, São Sebastião do UmbuzeiroORDEM DE SERVIÇO ADUTORA SAO SEBASTIÃO DO UMBUZEIRO 4 270x162 - Ricardo autoriza adutora de Camalaú e beneficia mais de 15 mil pessoas e Zabelê com três grandes reservatórios e alguns chafarizes para atender às comunidades rurais. “Essa era uma reivindicação antiga e integra um conjunto de adutoras que estão sendo construídas como a que sai de Boqueirão e vai até Barra de Santa Rosa e Alcantil, Natuba, Umbuzeiro, Santa Cecília e a adutora do Congo III”, explicou o secretário de Recursos Hídricos, João Azevedo.

Adutora do Congo III- Ainda durante a solenidade, Ricardo anunciou que vai autorizar o início das obras do sistema adutor do Congo III beneficiando os municípios de Santo André, Coxixola e as localidades de Pio X e Sucuru. O Governo do Estado vai investir mais de R$ 8 milhões dentro do PAC Estiagem.

ORDEM DE SERVIÇO ADUTORA SAO SEBASTIÃO DO UMBUZEIRO PREFEITOS DAS CIDADES BENEFICIADAS 3 270x162 - Ricardo autoriza adutora de Camalaú e beneficia mais de 15 mil pessoasO governador destacou que esse é um momento significativo e aguardado em que o Governo do Estado inicia duas obras importantes para a população que participou do Orçamento Democrático e indicou a água e as estradas como prioridades para a região. “Agradeço a Deus a possibilidade de fazer as estradas e levar a água para a população do Cariri que, durante muito tempo, esperava por esses benefícios essenciais para colocar a região na rota do desenvolvimento”, enfatizou.

O prefeito de São Sebastião do Umbuzeiro, Francisco Neves, afirmou que além da estrada, a adutora era a principal reivindicação do povo que sonhava em ter a água tratada nas suas casas. “O nosso abastecimento é feito pela prefeitura, mas de forma precária. O abastecimento da Cagepa vai garantir água tratada e segurança hídrica, principalmente quando o açude de Camalaú receber as águas do Rio São Francisco”, explicou o prefeito. 

Ele ainda ressaltou que, com as estradas e a água, os municípios do Cariri vão se desenvolver. “O empresário que quiser instalar uma fábrica ou comércio aqui terá o acesso asfáltico, oferta de água, comunicação e energia. Não há como deixar de reconhecer o trabalho que o Governo do Estado tem empreendido no Cariri”.

Para o comerciante de São Sebastião do Umbuzeiro, Jurandir Tutu, o governo estadual demonstrou o compromisso ORDEM DE SERVIÇO ADUTORA SAO SEBASTIÃO DO UMBUZEIRO 5 270x162 - Ricardo autoriza adutora de Camalaú e beneficia mais de 15 mil pessoascom o município ao possibilitar essas conquistas. “Acreditamos na palavra de Ricardo que já iniciou a estrada e vai fazer a adutora abrindo uma perspectiva de desenvolvimento para o nosso município”, observou.

A dona de casa Maria Aparecida Bezerra, também de São Sebastião do Umbuzeiro, espera que a adutora ponha fim ao sofrimento da falta d’água e ofereça água tratada e saúde para todos. “Esse Governo nos devolveu a esperança de um futuro melhor”, completou.

Participaram da solenidade, o deputado federal Efraim Filho; os deputados estaduais João Henrique e João Gonçalves; os prefeitos do Congo, Romualdo Quirino; de Camalaú, Jacinto Bezerra; de São João do Tigre, Célio Andrade; de Caraúbas, Severino Dudu; além do presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga.