João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo assina termo de cooperação com o grupo Carajás gerando 500 novos empregos na Paraíba

terça-feira, 26 de abril de 2016 - 18:46 - Fotos:  Francisco França

O governador Ricardo Coutinho assinou, nesta terça-feira (26), um termo de cooperação técnica com a Rede Carajás que vai inaugurar uma nova loja no mês de agosto, na cidade de Cabedelo. O empreendimento vai gerar cerca de 500 novos postos de trabalho no Estado, sendo 293 funcionários inicialmente selecionados, os quais, de acordo com o termo assinado, serão indicados pela Secretaria de Desenvolvimento Humano, através do Sine-PB.

Ricardo enfatizou que o termo de cooperação técnica garante que a mão de obra local seja valorizada, garantindo a geração de empregos e o consequente aquecimento da economia varejista. “É um empreendimento importante que vai trazer em média 500 empregos para a Paraíba, vagas que serão preenchidas de acordo com os critérios do Sine-PB, que tem pessoas qualificadas a procura de oportunidades como estas. A vinda de grandes empresas para o Estado movimenta a economia, mesmo neste período complicado, e mostra que a Paraíba continua atrativa aos investimentos”, disse.

A secretária de Desenvolvimento Humano, Cida Ramos, destacou que a empresa vai promover a inclusão social, disponibilizando um número de vagas para pessoas com deficiência. “O papel da Secretaria de Desenvolvimento Humano é fundamental porque será por meio do Sine que as pessoas serão selecionadas. O importante falar é que vamos incluir pessoas com deficiência e idosos nestas vagas, o que é algo inovador. É sempre muito bom poder aliar a política de trabalho com a política para segmentos que muitas vezes não têm oportunidades, como é o caso das pessoas com deficiência”, observou.

De acordo com o superintendente do Grupo Carajás, Abílio Alves Neto, a nova loja será a maior do segmento na Paraíba. “O prédio ocupará uma área de 32 mil m², com 11.200 mil m² de loja dividida em dois pavimentos. Hoje assinamos o termo que oferece 293 cargos iniciais, mas serão no total 500 vagas. A nossa intenção é que a inauguração da loja aconteça no máximo na primeira semana de agosto. Agradeço ao apoio do Governo do Estado que desde o início nos incentivou a trazer esta empresa para o Estado, que vai gerar tantos empregos”, comentou.

O estabelecimento vai comercializar cerca de 70 mil itens, entre móveis, pisos, revestimentos, tintas, material elétrico, artigos para grávidas, roupas infantis e utilidades para o lar. A empresa já possui unidades em funcionamento nas cidades de Campina Grande, João Pessoa, Maceió e Arapiraca.