João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo apresenta balanço das ações do Governo em entrevista coletiva à imprensa

terça-feira, 20 de dezembro de 2016 - 16:25 - Fotos:  Francisco França/Secom Pb


O governador Ricardo Coutinho concedeu, nesta terça-feira (20), na Granja Santana, uma entrevista coletiva à imprensa, na qual apresentou um balanço da gestão em 2016, destacando diversas áreas como educação, recursos hídricos e estradas. A vice-governadora Lígia Feliciano, os secretários Luís Torres (Comunicação Institucional), Waldson de Sousa (Planejamento, Orçamento e Gestão), João Azevedo (Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia), o diretor de operações do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Hélio Cunha Lima, a diretora-superintendente de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), Simone Guimarães, além de outros auxiliares do Governo e deputados estaduais também participaram da coletiva.

No início da entrevista, Ricardo falou sobre as dificuldades pelas quais o Estado e o Brasil passaram em 2016. “A Paraíba não é rica, tem muitos desafios e este ano sofremos bastante com a crise política e econômica que abalou o país. Tivemos um ano com queda brusca do Fundo de Participação dos Estados (FPE), mas conseguimos manter o ICMS num patamar aceitável. Apesar da crise, a Paraíba vem mantendo um leque importante de entrega de obras e ações e continua assegurando que os serviços essenciais funcionem. Pelo Brasil vemos hospitais sendo fechados, serviços públicos reduzidos, salários atrasados, enfim, aqui pagamos o funcionalismo em dia, décimo terceiro, abono natalino, prêmios da educação e seguimos a agenda de inaugurações”, pontuou.

Ainda de acordo com o governador, neste ano foram inauguradas diversas estradas pelo Estado por meio do Programa Caminhos da Paraíba, que representam um investimento de mais de R$ 1,2 bilhão. “Ontem (segunda-feira) entregamos a 109ª estrada ligando Manaíra a Santana de Mangueira e das cidades que eram isoladas faltam fazer apenas as estradas de Santo André, Vieirópolis, Santa Inês, Natuba, Carrapateira, Santa Cecília e Caraúbas. O isolamento asfáltico vai acabar em breve na Paraíba”, afirmou.

Durante a coletiva, o governador ainda enfatizou a importância do Viaduto Eduardo Campos, mais conhecido como Viaduto do Geisel, para a mobilidade urbana. “Ainda hoje vamos inaugurar a maior obra de mobilidade urbana da Paraíba. Muitos gestores passavam por ali e não se importavam com o caos. Nós aceitamos o desafio e hoje entregaremos esta obra que defende os interesses do povo da Paraíba. Os congestionamentos acabaram e mudou a realidade daquela região”, comentou.

Ricardo destacou que, na área da educação, esta gestão já fez 2.344 novas salas de aula por todas as regiões do Estado, destas 616 foram feitas através do Pacto pelo Desenvolvimento Social. “É uma satisfação dar um ensino de qualidade para os filhos do povo. Construímos escolas de qualidade, como as Escolas Técnicas de Cajazeiras e de Cuité, entre outras, além de salas de aula, ginásios e ainda inovamos trazendo o Gira Mundo, que dá a oportunidade de estudantes e professores fazerem intercâmbio em outros países”, ressaltou.

Somente em 2016, o Governo do Estado entregou 301 km de adutoras pela Paraíba, levando água para as cidades que sofrem com os problemas decorrentes da crise hídrica. Sobre o tema Ricardo comentou: “Foram muitas obras hídricas inauguradas, fizemos a adutora de Areia, Pocinhos-São José da Mata, a adutora de Jandaia, de Conceição, além da Barragem Nova Camará e outras. Amanhã (quarta-feira), vamos inaugurar a adutora de Serra Redonda, enfim, o que é possível este Governo fazer para amenizar a crise hídrica estamos fazendo.”

“Em 2017 queremos abrir o Hospital de Oncologia de Patos, prosseguir as obras do Hospital Metropolitano de Santa Rita, ampliar o Gira Mundo, porque acredito que a experiência vem dando certo. Os professores que foram para a Finlândia voltaram com entusiasmo e muito a repassar em sala de aula e os estudantes que foram para o Canadá continuam estudando por lá e obtendo muitos conhecimentos. Então, no próximo ano, queremos incluir outros países no Gira Mundo e aumentar as oportunidades. O Prima também deve ser ampliado, temos 12 polos, mas ainda queremos mais, porque este programa dá a chance de crianças e jovens terem acesso a arte e a música, coisas que sem o Prima talvez não fosse possível”, comentou Ricardo Coutinho.

O governador finalizou a coletiva ressaltando que 2016 foi um ano de muitos avanços, apesar da crise, e desejando a todos da imprensa um bom Natal. “Crescemos bastante em todas as áreas, temos indicadores positivos e espero que em 2017 o Estado continue avançando. A todos o meu abraço e que tenham um Natal cheio de paz”, concluiu.