João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo anuncia promoção de mais de 2.300 policiais e bombeiros

terça-feira, 14 de janeiro de 2014 - 15:49 - Fotos:  José Marques / Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho autorizou, nesta terça-feira (14), no Palácio da Redenção, a promoção de mais de 2.300 policiais e bombeiros militares às graduações subsequentes na carreira militar (cabos e sargentos, respectivamente). A solenidade contou com representantes de bombeiros e militares de toda a Paraíba, além de comandantes das polícias, representantes de associações e secretários de Estado. As promoções serão efetivadas gradativamente, até o final de fevereiro, através de publicação no Diário Oficial do Estado e nos boletins internos das duas corporações.

A medida, de acordo com o governador, vai impactar a folha de pessoal do Estado em mais de R$ 1 milhão. “Apesar do impacto financeiro, é um ato fundamental para garantir a dignidade e respeito à legislação e a esses homens e mulheres que tem feito uma história diferenciada na segurança pública da Paraíba. É um verdadeiro ato de Justiça do Governo do Estado com esses guerreiros que tanto esperavam por reconhecimento”, enfatizou Ricardo Coutinho, ao lembrar que os militares foram promovidos obedecendo ao critério de antiguidade.

De acordo com o comandante geral da PM, coronel Euller Chaves, só nos últimos três anos foram promovidos 1.800 militares paraibanos. “É um momento histórico na nossa corporação, com a presença de representações de toda a Paraíba, através de cabos e sargentos que vieram ser promovidos no Salão Nobre do Palácio; o mesmo espaço em que circulam as maiores autoridade do Estado, mostrando o respeito que o Governo tem com essas praças”, destacou.

O subcomandante geral do Corpo de Bombeiros, o coronel Denis Nery, também considerou o momento único e destacou os benefícios que as promoções trazem para toda a sociedade. “São militares que passaram por uma qualificação e que com certeza estão habilitados para prestar um melhor atendimento ao público. Afora o aumento salarial e valorização da carreira militar, trazendo mais motivação para a tropa”, afirmou Denis, ao citar que em apenas três anos foram 422 Bombeiros promovidos, quase 50% do total do efetivo que compõem a corporação.

Há 25 anos fazendo parte da Polícia Militar da Paraíba, o agora sargento Ronildo Calixto foi um dos beneficiados com as promoções. “Graças ao entendimento desse Governo atingimos um grau maior na hierarquia militar. Sinto-me muito feliz e agradecido”, revelou.

O sargento Aníbal Ramos Nunes, que veio de Cajazeiras receber a insígnia da graduação, e representar os militares do Sertão do Estado, também externou grande satisfação. “É um orgulho, pois é uma meta que tínhamos e que conseguimos atingir. É muito alegria”, resumiu.

Além de Aníbal, outros três policiais militares e quatro bombeiros representaram os demais promovidos e receberam a insígnia do governador Ricardo Coutinho durante a solenidade no Palácio da Redenção. Na ocasião, o governador também foi homenageado pelas categorias, através de uma placa entregue pela presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM, Eliane Santos.

Requisitos – Para estarem habilitados para a promoção, os militares precisaram atender os critérios estabelecidos em lei. No caso dos policiais militares que ocupavam a graduação de soldado e atingiram a de cabo, foi necessário fazer um curso de habilitação com carga horária de 120 horas aulas, ter dez anos de serviço e comportamento classificado, no mínimo, como ótimo.

Já os cabos que atingiram a graduação de sargento passaram por um curso com duração de 160 horas, possuíam 20 anos de serviço e comportamento ótimo.