Fale Conosco

22 de abril de 2013

Ricardo anuncia promoção de 724 policiais militares



O governador Ricardo Coutinho anunciou, nesta segunda-feira (22), a promoção de 670 soldados à graduação de cabo e 54 cabos à 3º sargento. Ao todo serão 724 policiais beneficiados. Com essas promoções, já são quase 2.700 policiais promovidos em pouco mais de dois anos, sendo 400 oficiais e 2.300 praças. O anúncio foi feito durante o programa semanal Fala Governador, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara.

O governador destacou o empenho  dos policiais militares e civis no combate à criminalidade dentro de uma política firme de segurança. Ele acrescentou que isso reflete na redução da criminalidade e na recuperação da respeitabilidade das polícias.

As promoções vão gerar um impacto na folha de mais de R$ 200 mil por mês.  “Mesmo com o quadro de dificuldades financeiras, fizemos o possível para conceder as promoções em reconhecimento ao empenho desses homens e mulheres com a redução da criminalidade no Estado. Para isso, apertamos onde era possível para não apenas garantir as promoções, mas equipar as polícias com armamento, viaturas e coletes balísticos”, afirmou o governador.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, destacou a importância dessas promoções. “Este ato valoriza esses policiais que têm um comportamento muito bem avaliado e importantes serviços prestados à sociedade e o Governador, mesmo com a dificuldade financeira que passa o Estado, sensibilizou-se e concedeu as promoções para reconhecer o trabalho desses profissionais”, frisou.

As promoções atendem ao critério de antiguidade, que é o tempo de serviço mínimo para que os PMs pudessem ser promovidos – 10 anos em cada uma das graduações. Além do tempo de serviço, os policiais apresentam também bom comportamento e conclusão com aproveitamento de um curso de habilitação realizado para prepará-los para exercer a nova graduação.

Capacitação – Os soldados que serão promovidos participaram de um curso de habilitação para cabos, com 356 horas/aula distribuídas em 16 disciplinas, entre elas cidadania e direitos humanos, criança e adolescente em conflito com lei, direito aplicado à atividade policial e polícia comunitária. Já os cabos que passarão à graduação de 3º sargento foram capacitados no curso de habilitação para sargento, com uma carga horária de 256 horas/aula.

Novos policiais – Em pouco mais de dois anos, já foram chamados mais de 800 novos policiais militares. No mês de julho, outros 270 policiais que estão em formação estarão prontos para aumentar o efetivo e reforçar a segurança em todo Estado.

 

Dia do Policial Civil- Ainda durante o programa semanal de rádio Ricardo Coutinho parabenizou os policiais civis pelo Dia do Policial Civil (21 de abril) e destacou o papel dos 32 delegados, agentes, escrivãos do Grupo de Operações Especiais (GOE) e do Centro de Inteligência da Polícia Civil (CIPC) que participaram das investigações do caso Fernanda Ellen.

“Entregamos o certificado de honra a esses bravos homens e mulheres que se empenharam para desvendar esse crime que chocou a todos. Estendemos as honras a todos os bons policiais que conseguiram elucidar diversos outros crimes de difícil solução”, finalizou o governador.