João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo anuncia mudanças na estrutura do Estado e faz balanço de sua gestão

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014 - 17:53 - Fotos: 

O governador Ricardo Coutinho, em seu programa “Fala Governador”, transmitido no início da tarde desta segunda-feira (22), pela Rádio Tabajara, anunciou a reestruturação da administração direta e indireta do Estado, destacando que a ideia é economizar uma média de R$ 25 milhões por ano com a extinção de alguns órgãos e fusão de outros. Na ocasião, ele também fez um balanço das ações realizadas nos últimos quatro anos de sua gestão com relação à Saúde, Infraestrutura e Segurança.

Ao falar sobre o balanço de seus primeiros quatro anos de gestão, Ricardo Coutinho pontuou primeiro os investimentos na área de Saúde, que chegaram a quase R$ 4 bilhões. “É um investimento altíssimo. Nós criamos mais de mil novos leitos aqui dentro do Estado”, afirmou, acrescentando que  nos últimos quatro anos também foram abertos dez hospitais na Paraíba.

Entre as inúmeras ações e investimentos na área da Saúde, Ricardo Coutinho exemplificou a finalização e abertura do Trauma de Campina Grande; construção do Hospital Regional Geral de Mamanguape, beneficiando 11 municípios; inauguração do Primeiro Centro Vascular da Paraíba; e a edificação do Hospital Metropolitano de Santa Rita, que está em andamento, só para citar alguns exemplos.

Infraestrutura e novas estradas – Também no programa “Fala Governador”, Ricardo Coutinho lembrou que nos quatro anos de sua gestão já foram concluídos 1.200 km de estrada. Desses, 490 km são de pavimentação e 704 km de restauração.

De acordo com o governador, estão em andamento ainda 1.166 km de obras estruturais nas estradas paraibanas. Somando-se as intervenções terminadas com aquelas que estão sendo feitas, chega-se a 2.361 km. “Nenhum estado do Nordeste fez o que a Paraíba conseguiu fazer”, afirmou. “Nesse primeiro semestre (2015), com o término da primeira etapa do programa ‘Caminhos da Paraíba’, a Paraíba terá a melhor malha viária do Nordeste”, ressaltou.

Ele lembrou que existiam 54 cidades em isolamento asfáltico na Paraíba. Hoje, 27 já foram retiradas dessa situação e 23 estão com obras em fase de conclusão.

Segurança – Ricardo Coutinho lembrou que, no período de 2003 a 2009, o número de assassinatos dobrou na Paraíba e esse número poderia ainda estar subestimado. Assim, o primeiro passo da atual administração foi implantar um quadro estatístico real da situação em cima do qual foram elaboradas estratégias de combate ao crime.

Hoje, o índice de descobertas de assassinatos e crimes é bem maior do que antigamente. Segundo Ricardo, apenas 7% dos inquéritos apontavam os responsáveis há quatro anos. Atualmente, essa média passou para 44% dos casos.

O setor de Segurança como um todo recebeu investimentos na ordem de mais de R$ 670 milhões, sem incluir nesse montante a folha de pessoal. No segundo ano de mandato, como lembrou o governador, já começou a ser notada a redução dos assassinatos. Em 2012, a queda anual no número de homicídios foi de 8,21%. Em 2013, reduziu mais 0,4%. De janeiro até esta semana, a queda chegou a 3,8%, conforme dados apresentados por Ricardo Coutinho no programa “Fala Governador”.

Na próxima segunda-feira, o governador voltará ao programa “Fala Governador” para continuar o balanço de sua primeira gestão. Na ocasião, ele falará sobre outros temas como educação e emprego.

Ainda no programa, Ricardo Coutinho explicou as mudanças que ocorrerão com a reforma da estrutura administrativa, que representa uma redução de R$ 25,6 milhões ao ano. “Quero, depois de tudo o que restar, reduzir ainda 10% de cada secretaria”, disse o governador.