Fale Conosco

6 de julho de 2011

Ricardo anuncia convênio com Cruz Vermelha para o Trauma



O governador do Estado da Paraíba, Ricardo Coutinho, anunciou no final da manhã desta quarta-feira (6), no Palácio da Redenção, o Sistema de Pactuação de Metas para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. O Governo contratou a Cruz Vermelha, seccional do Rio Grande do Sul no país, instituição internacional sem fins lucrativos que administra hospitais no Brasil e no mundo. O objetivo é melhorar a qualidade do atendimento aos pacientes e reduzir custos. Com o contrato, o Governo do Estado terá uma economia de 40% com o Hospital, reduzindo de R$ 10,8 milhões mensais para R$ 6,8 milhões.

“Estamos cuidando da parte da qualificação dos serviços para aumento e melhoria no atendimento do Hospital de Trauma de João Pessoa. Então optamos em estabelecer um Sistema de Pactuação por meio de Metas para o Hospital de Trauma de João Pessoa. Em 90 dias, queremos aumentar em 35% a quantidade de cirurgias. Hoje se faz 455 e pretendemos realizar 600. Vamos aumentar de 4.600 atendimentos mensais para 9 mil, ou seja, vamos ampliar o cuidado e a atenção com as pessoas e reduzir custos”, explicou o governador.

Entre outras melhorias com a pactuação está a agilidade nos procedimentos administrativos como compra de materiais, medicamentos necessários e agilidade na manutenção. Com isso, fica garantida também a reposição e o conserto de equipamentos necessários, manutenção predial durante vigência da gestão pactuada e a implantação de um canal para ouvir os pacientes internos e familiares.

“Esta gestão compartilhada do Hospital de Trauma vai ser cobrada pelo Ministério Publico, pelo Tribunal de Contas, pela Assembleia Legislativa e pelo Governo do Estado”, afirmou o governador. A contratação dos profissionais será feita pela Instituição por meio do regime CLT.

“Vamos ter a regularização do contrato dos trabalhadores. O que hoje é prestação de serviço e codificado serão naturalmente contratados pela CLT, porque os profissionais hoje não têm direitos e agora vão passar a ter. Ao mesmo tempo, as cooperativas terão os contratos respeitados”, destacou Ricardo.

O Secretário de Estado da Saúde, Waldson de Souza, afirmou que a saúde na Paraíba está sendo qualificada para melhorar o atendimento à população. “Este é o início de uma fase de qualificação nos serviços de saúde no Estado, começando pelo Hospital de Trauma de João Pessoa, que passou por dificuldades no início do ano. O governo vem estudando isso desde janeiro, e é uma garantia de atenção e qualidade do perfil de emergência e trauma para ser assegurado naquele hospital”.

Ministério Público – O promotor da saúde do Ministério Público do Estado, João Geraldo, acompanhou o anúncio feito pelo Governo do Estado e elogiou a iniciativa. “A promotoria sempre acreditou numa luz no final do túnel para a saúde pública de João Pessoa e da Paraíba. E este sistema de metas implantadas pelo Governo da Paraíba, especificamente no Trauma, é salutar e é muito bem vindo. A promotoria de saúde observa que este tipo de resolução adotada no Hospital de Emergência e Trauma vai melhorar o atendimento para os casos que sejam realmente de emergência”, frisou.

Cruz Vermelha – A Cruz Vermelha é uma instituição sem fins lucrativos que existe em 190 países, com mais de 150 anos de história. No Brasil foi fundada em 1908 e a secção do Rio Grande do Sul existe desde 1940, gerindo mais de 20 hospitais do Brasil (Pará, Tocantins, Rondônia, Roraima, Bahia, Pernambuco, Ceará, Sergipe, Maranhão, Rio Grande do Norte, Piauí, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso e Distrito Federal).