João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo anuncia adutora que garantirá água para Aroeiras e Gado Bravo

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012 - 20:37 - Fotos:  José Marques/Secom-PB

Governador durante discurso em Aroeiras. Foto: José Marques/Secom - PB

O governador Ricardo Coutinho anunciou na tarde desta quinta-feira (9), a construção da adutora Aroeiras-Gado Bravo que levará água tratada para uma população de mais de 22 mil pessoas nos municípios de Aroeiras, Gado Bravo e os distritos de Novo Pedro Velho, Boa Vista e Riachão. A obra custará R$ 12 milhões, sendo R$ 8 milhões já empenhados pelo Governo Federal e R$ 4 milhões de contrapartida do Estado.

O anúncio foi feito em solenidade realizada no palco armado na Rua Antônio Gonçalves e foi comemorada pela população de Aroeiras, que espera por acesso a água tratada por mais de 20 anos. A solenidade contou com as presenças do presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, do secretário de Articulação e Desenvolvimento dos Municípios, Manoel Ludgério, o  prefeito de Aroeiras, Giuseppe Oliveira, o ex-prefeito José Francisco (Chicão), o prefeito de Gado Bravo, Austerliano Evaldo, de Barra de Santana, Manoel Almeida e de Caturité, José Gervásio, além do deputado estadual Doda de Tião (PPL).

Em seu discurso, o governador Ricardo Coutinho ressaltou que se empenhou pessoalmente na liberação dos recursos da obra. “Não é admissível que no município onde está localizada a barragem de Acauã o povo não tenha o direito de ter água tratada em suas torneiras. Esse é um problema que deveria ter sido resolvido há muito tempo. Na campanha, vim aqui e ouvi o clamor da população para ter acesso a algo básico para a sobrevivência humana e para a economia. Conseguimos empenhar os recursos junto ao governo federal e separar a contrapartida do Estado. Vamos trabalhar para que em um ano a adutora esteja pronta”, destacou o governador.

Ricardo explicou que o projeto da adutora está pronto e será encaminhado nos próximos dias para a Caixa para a avaliação e a assinatura do processo licitatório da obra. Ele acrescentou que espera em um ano inaugurar a obra que garantirá água para a região até 2035.

O presidente da Cagepa informou que a adutora terá 15 km,s com dois conjuntos de bombeamento com motores elétricos, estação de tratamento de água com vazão de 50 litros por segundo e com duas elevatórias. “A nossa previsão é que, vencido o processo de análise do projeto pela Caixa e do processo licitatório, em dois ou três meses a construção da adutora seja iniciada”, destacou Deusdete.

O prefeito de Aroeiras, Giuseppe Oliveira, disse que a adutora representa a principal demanda da população e agradeceu a sensibilidade do governador de acabar com essa antiga injustiça. “É momento de rasgar as bandeiras políticas para firmar parcerias institucionais que beneficiem o povo”, completou.

O ex-prefeito de Aroeiras, José Francisco (Chicão), classificou o dia como “histórico para a sociedade”, em que o governador Ricardo Coutinho, olhando para essa população sofrida, garantiu que irá construir a adutora. O secretário de Articulação dos Municípios do Estado ressaltou que Ricardo inicia um novo tempo. “Acabar com a política miserável dos carros pipa é realmente significante para a comunidade. Ninguém vai mais implorar por água em troca de voto”, opinou Manoel Ludgério.