João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo abre Salão de Artesanato em Campina Grande

segunda-feira, 10 de junho de 2013 - 12:40 - Fotos:  Cláudio Góes/Secom/PB

O governador Ricardo Coutinho abriu oficialmente, nesse domingo (9), o 18º Salão de Artesanato da Paraíba, em Campina Grande. Este ano, o tema do evento é “Um Universo do Couro, Cultura e Arte” e faz uma homenagem ao antigo Curtume Antônio Villarim.

Ricardo destacou os investimentos do Governo do Estado no setor do artesanato, por meio dos financiamentos do Empreender, qualificação, realização do Salão, além do apoio para a participação dos artesãos da Paraíba em eventos e a divulgação do setor.


A qualificação é muito importante para o nosso artesanato, seja do ponto de vista da economia para melhorar a qualidade de vida e fazer com que as famílias dos artesãos tenham um padrão de vida superior, ou para criar a identidade cultural da Paraíba. Não existe mudanças em nenhuma sociedade, se elas não passarem pela questão cultural”, ressaltou.

 

Homenagem - Ricardo ainda explicou que o 18º Salão de Artesanato começou na sexta-feira (7), mas a abertura oficial foi adiada para o domingo, em virtude do falecimento do superintendente do Sebrae, Júlio Rafael, a quem prestou homenagem. “Foi uma grande perda para todos”, disse Ricardo.

O vice-governador Rômulo Gouveia também lamentou a ausência de Júlio Rafael. “Foi uma perda muito sentida, mas onde ele estiver está feliz com o sucesso deste evento. Estamos realizando o Salão com a perspectiva muito positiva de geração de negócios. O Governo também dá apoio à Vila do Artesão na parceria com a Prefeitura de Campina Grande”, frisou o vice-governador.

O diretor técnico do Sebrae, Luiz Alberto Amorim, agradeceu as homenagens a Júlio Rafael e disse que ele sempre trabalhou em parceria com o Governo do Estado para realizar um salão cada vez melhor e maior.

Expansão – A coordenadora-geral do Programa de Artesanato da Paraíba, a primeira-dama do Estado, Pâmela Bório, observou que o Salão representa a cultura do Estado, pois estão lado a lado a música, a gastronomia, o vestuário, o chapéu de couro, a renda e os ornamentos.

Nesta edição, o Salão de Artesanato completa a maioridade e a cada ano garante a inclusão social e produção criativa, assegurando o resgate das nossas tradições, preservando as nossas raízes e a transmissão do conhecimento que é passado de geração a geração. Tudo isso é uma soma e proporciona o recorde de vendas”, avaliou a primeira-dama.

Ela ainda homenageou Júlio Rafael e todas as pessoas que contribuíram para o sucesso do Salão de Artesanato, a exemplo da ex-primeira-dama do Estado, Sílvia Cunha Lima, presente na abertura, e Glória Cunha Lima, também ex-primeira-dama do Estado.

Em nome dos artesãos, Roosevelt Fernandes agradeceu o apoio do Governo do Estado e destacou que, além do financiamento, a capacitação é importante para o crescimento do setor artesanal da Paraíba. Já Miriam Villarim, filha de Antônio Villarim, fez os agradecimentos, em nome da família, à homenagem ao seu pai.

O Salão de Artesanato da Paraíba fica aberto até o dia 30 de junho e vai funcionar diariamente das 15h às 22h, na avenida Prefeito Severino Bezerra Cabral, bairro do Catolé, na antiga Candesa. A entrada é gratuita.

Parque do Povo - Após a solenidade de abertura do Salão de Artesanato da Paraíba, o governador Ricardo Coutinho visitou o Parque do Povo, local do ‘Maior São João do Mundo’. Na Vila da Imprensa, ele se encontrou com o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues.

Ricardo destacou os investimentos de quase R$ 2 milhões na divulgação da festa, segurança e estrutura de saúde. “O Governo do Estado investe para atrair mais turistas e garantir a preservação da nossa cultura, pois o forró autêntico é da Paraíba”, frisou o governador.