João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo abre ano letivo em Campina e destaca reformas de 24 escolas

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014 - 08:14 - Fotos:  Francisco Morais/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho entregou na tarde dessa quarta-feira (5) as reformas da Escola Hortêncio de Souza Ribeiro (Premem), em Campina Grande, e abriu o ano letivo na rede estadual de ensino. A solenidade ainda foi marcada pela entrega de netbooks aos professores, apresentações culturais e desfile de moda dos alunos do programa Modart. Na cidade, estão sendo reformadas 24 unidades escolares.

Na escola Premen, foram investidos R$ 300 mil em melhorias nas instalações elétricas e hidráulicas, sanitários, piso, pintura e limpeza geral. A diretora Eliziane Balduino agradeceu pelas reformas e o apoio para a melhoria da qualidade de ensino. “Hoje é um dia de muita alegria. Agradecemos a Deus e ao Governo do Estado pela brilhante reforma e por melhores condições de salários e de trabalho para os professores e funcionários, proporcionando a melhoria da qualidade de ensino e tornando a escola uma referência no Estado”, afirmou Eliziane.

Em nome dos alunos da escola Hortêncio de Souza Ribeiro, falou Patrick Iuri Alves, que passou em três vestibulares de Medicina e dois de Engenharia Civil. Ele optou pelo curso de Medicina da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). “Agradeço a toda a equipe do Premen por ter me ajudado realizar o sonho de conquistar uma vaga na universidade. Professores, funcionários e meus colegas de sala de aula, essa união foi demais”, comemorou Iuri.

Por sua vez, a secretária de Educação, Márcia Lucena, explicou que a escola Premen foi escolhida para sediar a abertura do ano letivo da 3ª Região de Ensino por ser referência. A unidade foi contemplada com o prêmio Escola de Valor, concedido pelo Governo do Estado às escolas que se destacam pela melhoria na qualidade de ensino. Um total de 17 professores da instituição também recebeu o prêmio Mestres da Educação, destinado para os que têm projetos inovadores aprovados pelo Estado. Em virtude dos resultados, os educadores receberam um salário extra, caracterizando um 15º salário. Já o 14º foi obtido através da escolha da instituição como Escola de Valor, beneficiando com a remuneração a mais não só os professores, mas todos os funcionários do colégio. “Esta é uma escola de valor com seus mestres da educação. Agora é confiar nas oportunidades e seguir em frente no caminho da inclusão”, destacou Márcia Lucena.

Investimento – Em seu pronunciamento, o governador afirmou que a educação é uma das prioridades, por isso investiu mais de R$ 105 milhões na área. Além da concessão de reajuste de 13,57% aos professores, premiações, capacitação e entrega de computadores, o governo está reformando 24 escolas em Campina Grande e construindo o Centro de Formação de Professores, no bairro das Malvinas.

Olhar a escola é perceber que ela é viva, que ela tem mais que simplesmente ensino, que ela tem uma espécie de comunhão interna. As pessoas gostam de estar ali, porque além de saber que ali está um caminho de vida, está também um caminho de se educar para vida e não só ensinar para a vida, porque ensinar é mais fácil que educar. Educar é mais difícil, depende não apenas da escola mas da sociedade também”, asseverou.

Ao parabenizar o estudante Patrick Iuri Alves, Ricardo Coutinho enfatizou que busca uma educação pública que garanta aos diferentes econômica e socialmente oportunidades iguais na vida. “No Brasil, o número de analfabetos nos últimos três anos cresceu e na Paraíba nós reduzimos 33% o número de analfabetos em pessoas acima de 15 anos. É a maior redução de qualquer estado brasileiro”, afirmou Ricardo.

Também participaram da solenidade de abertura do ano letivo os secretários Adriano Galdino (Estado), Carlos Antônio (Interiorização), Ricardo Barbosa (Suplan), Moacir Rodrigues (executivo da Interiorização), o reitor da UEPB, Rangel Júnior, o ex-reitor da UFCG, Thompsom Mariz, o deputado Doda de Tião, vereadores e educadores.