João Pessoa
Feed de Notícias

Revista ‘Raça Brasil’ destaca história do quilombo Livramento, na Paraíba

terça-feira, 18 de dezembro de 2012 - 15:42 - Fotos: 

A comunidade quilombola Livramento, localizada no município de São José de Princesa, a 460 quilômetros de João Pessoa, é destaque na edição 173 da revista ‘Raça Brasil’ de dezembro. São cinco páginas que contam a história dos primeiros negros fugitivos da escravidão no Brasil que chegaram naquela região remota do sertão paraibano.

A matéria assinada pelo jornalista Eduardo Vessoni traz uma longa entrevista com uma moradora de 78 anos que é a contadora de história do quilombo. A reportagem é ilustrada por fotos da região, de crianças que estudam numa escola do Quilombo fazendo uma demonstração do “coco de roda”. O jornalista esteve na Paraíba por um período de 10 dias durante o mês de outubro. Ele veio a convite da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), que teve apoio da Abrasel-PB, da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, secção Paraíba    (ABIH-PB) e Sebrae-PB. Outras matérias de autoria do jornalista deverão ser publicadas no site do UOL.

A presidente da PBTur, Ruth Avelino, disse que a vinda de Vessoni ao ‘Destino Paraíba’ é resultado das ações e parcerias firmadas entre o governo do Estado, trade e prefeitura para divulgar os principais atrativos turísticos do estado. “O Eduardo veio conhecer particularidades e a diversidade cultural e étnica da Paraíba. Nosso estado é rico em história, em monumentos, em arquitetura. São pautas para todos os veículos de comunicação do país e exterior”, declarou.

Quilombos – Na Paraíba existem 38 comunidades quilombolas catalogadas. O Quilombo Livramento é reconhecido pela Fundação Palmares como um remanescente das comunidades dos quilombos. De acordo com o relato de dona Rosa ao jornalista, a comunidade teve início no final do século 17, com a chegada de três famílias de negros fugitivos da escravidão dos canaviais do Estado de Pernambuco.

Em 2003, um trabalho de conscientização cultural começou a ser feito para o resgate da história da comunidade quilombola Livramento. O projeto se baseia na coleta de informações de pessoas mais velhas.