João Pessoa
Feed de Notícias

Revista nacional destaca inovação do crochê paraibano e elogia capacitação de artesãs

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015 - 12:08 - Fotos:  Reprodução

O trabalho realizado pelas crocheteiras do Programa de Artesanato da Paraíba foi destaque na edição nº 719, de dezembro, da Revista Casa e Jardim. A matéria, sob o título de “A Graça do Crochê”, ressaltou os novos formatos e os temas das peças produzidas pelas artesãs paraibanas. Além disso, também destacou a importância da capacitação oferecida pelo Governo do Estado, em parceria com o Sebrae. A publicação tem circulação nacional, além de ser uma das mais importantes no país na área de decoração.

De acordo com a gestora do Programa de Artesanato da Paraíba, Lu Maia, a visibilidade das crocheteiras foi acentuada pelos cursos de capacitação. “A segunda etapa do curso, no ano passado, aconteceu em dezembro com o designer Renato Imbroisi, muito respeitado na área têxtil e na cultura popular. A partir dessa visão de capacitação das nossas artesãs, o mercado foi se abrindo”, comentou.

Na matéria, a revista Casa e Jardim, da editora Abril, lembra que o crochê está entre as técnicas de artesanato em agulha e linha mais praticados no Brasil, fator que exige inovação constante. “Por isso, para obter uma produção diferenciada vale a pena investir em capacitação técnica e desenvolvimento de coleções com identidade cultural delineada”, diz o texto.

Houve espaço ainda na matéria para citar o papel importante da parceria do Governo do Estado, por meio do programa “Paraíba em Suas Mãos” com o Sebrae para realização das capacitações. “O resultado pode ser conferido, ao vivo, no 21ª Salão de Artesanato da Paraíba”, sugeriu a revista.

“Berço de memórias” – além de elogiar a capacitação das artesãs, a matéria descreve as peças paraibanas, destacando a opção pelos temas culturais. “Cactos, frutas, barquinhos, elementos dos trios de forró, chapéus de vaqueiro. Com esses temas e também outros mais universais são confeccionados panos de prato, colchas, cortinas, painéis, caminhos de mesa e objetos de decoração, como pequenos presépios e adornos”. “Lindezas que tornam a casa um lugar mais acolhedor, um berço de memórias”, elogiou.

Homenagem do Salão de Artesanato –  Com o tema “Das mãos floresce o crochê”, a 21ª edição do Salão de Artesanato da Paraíba está instalado na antiga associação do BNB, na orla do Cabo Branco.

O trabalho apresentado pelas crocheteiras é resultado das aulas de capacitação. Só em dezembro, foram beneficiadas 70 artesãs, oriundas de várias cidades paraibanas. “Esse número é o dobro da quantidade de profissionais qualificada na primeira etapa, ocorrida em junho”, afirmou Lu Maia. “Agora, no Salão de Artesanato da Paraíba, os visitantes têm elogiado os novos formatos do nosso crochê. Além de peças de roupas, estamos produzindo até material decorativo”, disse.