João Pessoa
Feed de Notícias

Restaurante Popular de CG serve 40 mil refeições em dois meses

quinta-feira, 25 de agosto de 2011 - 12:10 - Fotos:  Francisco Morais/Secom-PB

Em pouco mais de dois meses de funcionamento, o Restaurante Popular de Campina Grande já serviu cerca de 40 mil refeições de cardápio variado. Comerciários, ambulantes, trabalhadores da indústria, profissionais liberais, aposentados, estudantes e desempregados campinenses ressaltam a qualidade e o preço do prato de comida, que custa R$ 1,00.

Localizado na Avenida Floriano Peixoto, no Centro, o restaurante fica aberto das 11h às 13h, de segunda a sexta-feira. O diretor do equipamento, Cid Toledo, revela que são servidas cerca de mil refeições diárias, preparadas com a supervisão de uma nutricionista.

O comerciário Carlos Costa, que almoça quase todos os dias no restaurante, ressalta a localização e o poder nutritivo da comida. “A refeição é saudável e variada. Um dia tem frango com salada, feijão e arroz, além da sobremesa com frutas; no outro, há pirão; no dia seguinte, tem carne. Além disso, é perto do meu trabalho. É um equipamento muito importante”, conta Carlos, que mora nas Malvinas.

O ambulante José Tavares, morador do Bairro do Jeremias, revela que antes fazia apenas um lanche na hora do almoço, pois não tinha dinheiro para refeição. “Agora, com um real eu almoço muito bem, tomo um suco e ainda tenho sobremesa. Depois, volto para as ruas para vender meus produtos”, diz.

A estudante Lourdes Macedo destaca a higiene e o atendimento dos funcionários do restaurante. “Além disso, o preço do almoço é de estudante, mas servido para todos com grande valor nutricional”, acrescenta.

 

O Restaurante Popular de Campina Grande foi inaugurado no dia 21 de junho pelo governador Ricardo Coutinho, o vice-governador Rômulo Gouveia e a secretária de Desenvolvimento Humano, Aparecida Ramos. No dia seguinte, foi aberto ao aberto ao público. Para seu funcionamento, foram investidos cerca de R$ 560 mil. Os recursos foram provenientes do Contrato de Repasse entre o Ministério do Desenvolvimento Social e o Governo do Estado, por meio da Secretária de Desenvolvimento Humano.