João Pessoa
Feed de Notícias

Representante do Senado conhece Serrotão e diz que presídio é exemplo para o Brasil

segunda-feira, 16 de setembro de 2013 - 17:34 - Fotos:  Cláudio Goes / Secom-PB

O Complexo Penitenciário do Serrotão, em Campina Grande, recebeu, na manhã desta segunda-feira (16), a visita do advogado Carlos Pessoa Aquino, representante da comissão de juristas do Senado Federal encarregada de analisar a reforma da Lei da Execução Penal no Brasil. Ele estava acompanhado do reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Rangel Júnior; do juiz da Execução Penal de Campina Grande, Fernando Brasilino Leite; e de representantes da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Na ocasião, Carlos Aquino conheceu de perto as instalações da UEPB dentro do complexo penitenciário e disse que o projeto de educação implantado pela Secretaria da Administração Penitenciária (Seap) e a universidade deve servir de modelo para o Brasil. “É sem dúvidas um projeto magnífico, uma referência para o país. A Paraíba, de fato, sai na frente com essa iniciativa de estimular o conhecimento e promover a evolução do ser humano aprisionado de forma tão ousada”, disse o advogado.

Ele conheceu ainda o Escritório Modelo, onde estagiários do curso de Direito analisam os processos dos apenados de modo a evitar que eles passem mais tempo na prisão do que o estipulado nas suas sentenças. As salas de aula e as oficinas de atividades no Presídio Feminino também foram visitados.

O juiz Fernando Brasilino voltou a destacar o pioneirismo da Paraíba nesse projeto inédito de ressocialização. “Nenhum outro estado da Federação teve essa iniciativa, mas certamente a ideia vai se espalhar pelo Brasil”, disse.