Fale Conosco

20 de maio de 2013

Rendeiras paraibanas são destaque em exposição nacional em São Paulo



Rendas da Paraíba 5 270x202 - Rendeiras paraibanas são destaque em exposição nacional em São PauloA magia do trançado das rendeiras paraibanas ganha destaque em mais um evento nacional, neste mês, em São Paulo. Por meio do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), as artesãs vão participar da exposição “Renda Brasileira”, que será aberta na próxima quinta-feira (23) e prossegue até o dia 1º de setembro, no Sesc Belenzinho.

A mostra vai reunir peças coletadas em diversas cidades do país, além de utensílios usados na produção, fotografias e objetos que têm a renda como tema e inspiração. São seis os tipos mais representativos desta técnica no Brasil: renda de Bilro, Filé, Frivolité, Irlandesa, Nhanduti e Renascença, esta última a especialidade das rendeiras paraibanas.

Estarão presentes no evento as rendeiras Quitéria Mariano Pereira, Fátima Suelene de Oliveira e Maria Gorete Barbosa do Nascimento. No dia 25 de maio, das 15h às 18h, a rendeira Fátima Suelene participa da mesa redonda artesãs de outros estados do País. Já as artesãs Quitéria Mariano e Maria Gorete Barbosa foram convidadas para ministrar uma oficina de renda renascença para 20 mulheres, de 18 a 30 de junho, durante o evento. Ambas fazem parte da associação Clube das Mães de Camalaú, que conta com 28 rendeiras.

É realmente uma honra para nós esse convite do curador Renato Imbroise para ensinar nossa arte para outras pessoas. Estamos nos preparando para repassar as técnicas de forma didática para as alunas. Vamos ensinar o passo a passo da renda renascença, desde a confecção do desenho até a tecelagem da renda, para que elas possam concluir a oficina com a capacidade de já produzir sua própria peça”, contou a rendeira Quitéria Mariano.

Além de expor seus trabalhos e palestrar sobre suas técnicas, as três rendeiras paraibanas também vão levar peças para comercialização. “Vamos aproveitar a exposição para vender também. O evento será uma ótima vitrine para nossos trabalhos. Vou levar 80 peças e espero comercializar todas”, disse Quitéria.

A exposição “Renda Brasileira” fica aberta para visitação no Sesc Belenzinho, de terça a sexta-feira, das 10h às 21h. O Programa de Artesanato da Paraíba é ligado à Secretaria do Turismo e Desenvolvimento Econômico (SETDE), coordenado pela primeira-dama do Estado, Pâmela Bório.