João Pessoa
Feed de Notícias

Renda paraibana inspira coleção da estilista Fernanda Yamamoto no SPFW

sexta-feira, 7 de agosto de 2015 - 09:24 - Fotos:  Walter Rafael/Secom-PB

Cianinha, mosca, pipoca, esterinha, corrente e até abacaxi. Esses são nomes de alguns pontos da renda renascença produzida na Paraíba que atraíram a atenção da estilista paulista Fernanda Yamamoto. A partir do trabalho das artesãs, ela criou a próxima coleção inverno 2016, que vai ser apresentada ao público durante o desfile na São Paulo Fashion Week, no mês de outubro.

Para dar vida à coleção, a estilista realizou visitas frequentes ao Cariri paraibano, mais especificamente, aos municípios de Camalaú, Monteiro, São Sebastião do Umbuzeiro, Zabelê e São João do Tigre. A busca por mãos habilidosas nas associações e cooperativas envolveu o trabalho de 40 artesãs que desenvolvem as peças para a coleção da grife.

Com a criação de novos pontos, a estilista realizou experimentos, criou novas técnicas e os aliou à tradição das rendeiras, que perpetuam a tradição e o requinte do artesanato. “O colorido e os tons pasteis vão predominar nas peças, algumas com aplicações para deixarem os looks mais sofisticados. Muita modelagem, tecidos, bordados, feltragem e o manual muito forte”, adiantou a estilista.

Ela disse ainda que a personalidade das paraibanas está presente em cada ponto. “Meu primeiro contato com elas foi marcante. Conheço o Brasil, São Paulo e é tudo diferente das minhas experiências. Existe uma força por trás de cada uma delas. Foi muito revelador, por isso surgiu essa vontade de descobri-las, entendê-las e mostrar isso ao mundo aliado ao trabalho que já desenvolvo”, explicou.

O estilista e consultor criativo paraibano, Romero Sousa, foi quem apresentou a riqueza presente no Cariri paraibano e sugeriu a inovação artesanal à moda da grife. “Estamos fazendo um trabalho muito forte e que mexe com a emoção. Temos trocado muita experiência neste intercâmbio cultural e, com certeza, vai ser perfeito o resultado, pois além da disciplina das artesãs, a Fernanda é focada, centrada e especialista na riqueza de detalhes”, disse Romero.

Para a gestora do Programa de Artesanato da Paraíba, Lu Maia, a parceria é importante para evidenciar nas passarelas, mais uma vez, a renda renascença que sempre se reinventa. “Fernanda tem capacitado as artesãs sobre um novo estilo de fazer peças, novos conceitos e ajuda no financeiro no momento em que a renda é mais valorizada. Recentemente, tivemos o trabalho de biojoias das Sereias da Penha nas passarelas da São Paulo Fashion Week através do estilista Ronaldo Fraga. Por isso, estamos felizes com o reconhecimento que o artesanato paraibano tem ganhado do mundo da moda”, ressaltou Lu.

Artesanato da Paraíba – No mês de agosto, o artesanato paraibano pode ser visto e comercializado nas feiras Craft Design (SP), Mãos de Minas (MG) e Rota 101 (PE).