João Pessoa
Feed de Notícias

Registros de casos de dengue continuam em declínio na Paraíba

segunda-feira, 23 de maio de 2011 - 11:17 - Fotos: 

O coeficiente de incidência de dengue continua em declínio na Paraíba, segundo o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde no último sábado (21). De acordo com os dados, o índice era de 4,4 na semana anterior e agora é de 2,0. Esse risco vem caindo desde a semana epidemiológica 13 (período de 27 de março a 2 de abril), que registrou o índice de 23,6 doentes em cada cem mil habitantes.

A gerente Executiva de Vigilância em Saúde da SES, Júlia Vaz, explica que o coeficiente de incidência é um indicador epidemiológico que constitui medida de risco de doença ou agravo. “O objetivo é apontar precisamente qual foi o risco de adoecer pela ação do Aedes aegypti em cada semana”, esclareceu.

O coeficiente é a razão entre o número de casos novos de uma doença que ocorre em uma coletividade, em um intervalo de tempo determinado, e a população exposta ao risco de adquirir essa doença, no mesmo período, multiplicando-se por potência de 10, 100, 1000, 10.000 ou 100.000, que são bases referenciais da população. “Como nossa população é de 3.766.528 (IBGE, Censo 2010) a base referencial utilizada é de 100.000 habitantes”, explica Júlia Vaz.

Os números – Os dados informados até a semana 19, que se encerrou em 14 de maio, são: 2.678 casos de dengue clássica; 915 casos descartados; 39 casos de dengue com complicações; 29 casos de febre hemorrágica da dengue; 1 óbito confirmado e um óbito suspeito em processo de investigação. Outros 3.685 casos aguardam término da investigação para confirmação ou descarte.

Os casos graves nesta semana apresentaram um aumento importante com referência à dengue com complicações que passou de 29 (semana anterior) para 39 na semana 19. No entanto, como não há alteração no número de óbitos por dengue, a letalidade reduz de 1,7 % para 1,4%. O Estado da Paraíba mantém o compromisso realizado no pacto pela Saúde-2011 que é de manter a letalidade das formas graves da dengue em até 2,60 %.

Os municípios com o maior número das formas graves da dengue são João Pessoa e Campina Grande, ambos com 12 casos. Em seguida está o município de Guarabira, com 6 casos.