João Pessoa
Feed de Notícias

Região de desenvolvimento entre Paraíba e Pernambuco deve ser formalizada até o fim de 2013

segunda-feira, 4 de novembro de 2013 - 18:51 - Fotos:  Roberto Guedes / Secom-PB

A criação de uma região integrada entre a Paraíba e Pernambuco deve ser consolidada até o fim do ano. Esta foi a projeção apontada em reunião realizada nesta segunda-feira (4) entre representantes das Secretarias de Planejamento dos dois estados, na sede da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambucano (Condepe/Fidem), em Recife, e que foi conduzida pelo secretário de Planejamento da Paraíba, Gustavo Nogueira, juntamente com o presidente da Condepe/Fidem, Maurílio Lima.

Participaram também do encontro o secretário executivo da Indústria e Comércio da Paraíba, Marcos Procópio; o superintendente adjunto do Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual da Paraíba (Ideme), Jakson Amâncio; o diretor de Desenvolvimento Econômico da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Juliano Gorski, além de representantes dos órgãos da Receita dos dois estados.

Com o aporte de grandes empresas na região polarizada por Caaporã, Litoral Sul Paraibano, e Goiana, na Mata Norte de Pernambuco, os dois estados estão estudando formas de estruturação conjunta, preliminarmente adotando o modelo de Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE), para ampliação do desenvolvimento econômico e social dos municípios vizinhos.

O diálogo, que teve início no começo do ano, deverá ser concluído no próximo mês com um estudo socioeconômico dos municípios participantes. O presidente da Condepe/Fidem, Maurílio Lima, assegurou que a redação do estudo está em fase de conclusão e que será apresentado até o mês de dezembro aos governadores Ricardo Coutinho e Eduardo Campos.

A área entre os dois estados tem atraído empresas de porte significativo. E, segundo as palavras do secretário de planejamento da Paraíba, Gustavo Nogueira, é preciso “expor para o Brasil e o mundo que existe ali uma área de um dinamismo econômico e com uma infraestrutura instalada significativa que poderá trazer novos investimentos para a Paraíba e Pernambuco”.

E este novo panorama na região demanda das cidades e dos estados a estruturação quanto à mobilidade, abastecimento, esgotamento, energia elétrica e demais itens necessários à instalação de empresas e ao desenvolvimento social.

O projeto prevê a inclusão de 13 municípios, os mais próximos do raio de atuação dos polos cimenteiro, automotivo, farmacoquímico e do vidro. Caaporã, Alhandra, Pitimbu, Pedras de Fogo e Conde, irão compor a área pelo lado paraibano. Em Pernambuco, as cidades participantes deverão ser: Araçoiaba, Condado, Goiana, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Itambé, Itapissuma e Itaquitinga.

Com a RIDE, as políticas de desenvolvimento para a região serão potencializadas, bem como o planejamento de ações e captação de recursos serão feitos de forma integrada. Por estarem no Litoral Sul da Paraíba e Mata Norte de Pernambuco, a ação tem importância também para promover a interiorização do desenvolvimento e promover os benefícios sociais à população.

Ao final, foi agendado um novo encontro para o próximo dia 14 de novembro, desta vez em João Pessoa. “Agora entramos na fase de ajuste de pequenos detalhes, são pontos específicos do texto que estão sendo melhor detalhados para justificar bem a formalização da área”, explicou Maurílio Lima.

A sugestão apontada pelo secretário Gustavo Nogueira foi para que seja também apresentada na próxima reunião uma minuta do anteprojeto de lei que será apresentada aos deputados federais de ambos estados. “As duas equipes técnicas de governo estão reunidas, trabalhando, expondo dados para embasar o projeto de lei que será submetido aos governadores e apresentado ao Congresso Nacional para ser instituída a união por lei”, detalhou o secretário.