João Pessoa
Feed de Notícias

Reeducandos participam do curso de Serigrafia no Serrotão

terça-feira, 22 de outubro de 2013 - 10:40 - Fotos: 

Dezesseis reeducandos da Penitenciária Regional de Campina Grande (Serrotão) participam do curso de Serigrafia disponibilizado pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). A capacitação, iniciada nessa segunda-feira (21), é promovida por meio da parceria entre a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O curso tem 180 horas de duração e acontece no Campus Universitário Avançado Dom José Maria Pires, localizado no Complexo do Serrotão.

Estiveram presentes na aula inaugural, a gerente de Ressocialização da Seap, Ziza Maia; o coordenador do programa Cidadania é Liberdade, Marconi Amorim; o subgerente de Programas e projetos da Seap, Arivladmir Cardoso; o diretor da unidade prisional, Manoel Osório; o interlocutor do Pronatec do Senai, professor Cláudio Cícero; o professor do curso de serigrafia, Genival Alves; o supervisor de oficinas do Senai, Reginaldo Fernandes e a integrante da Gerencia de Ressocialização de Campina Grande, Stella Belarmino.

O secretário Wallber Virgolino destacou a importância do curso. “Este é mais um exemplo de parceria que vem dando certo, estamos trabalhando para ampliar e dar condições para que um maior número de unidades prisionais possam receber estes cursos, tão importantes no processo de ressocialização através da capacitação profissional”.

Na ocasião, o diretor da unidade, Manoel Osório, enfatizou a oportunidade para os reeducandos. “Aproveitem a chance e multipliquem esta ideia entre os outros reclusos que infelizmente ainda não se interessam pela qualificação profissional”.

O interlocutor do Pronatec do Senai, Cláudio Cícero, frisou. “Eu fico feliz não apenas por estar aqui, mas por perceber a vontade de receber este conhecimento que será oferecido no decorrer do curso”.

O professor Genival Alves explicou o conteúdo programático do curso de Serigrafia. “Vamos trabalhar questões relacionadas às habilidades básicas da serigrafia, higiene no trabalho, meio ambiente, postura e ética profissional, além da parte prática, com estampas em tecido, fabricação de sacolas com a utilização de papel reciclado, encadernação, produção de cadernos e livros e confecção de bottons e adesivos”, adiantou.