Fale Conosco

27 de julho de 2012

Reeducandos da Penitenciária Média participam de curso de informática



Em mais uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial(Senac), a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), através da Gerência de Ressocialização, deu início a mais um curso profissionalizante.

Desta vez, a oportunidade de qualificação profissional acontece na Penitenciária de Segurança Média Juiz Hitler Cantalice, em Mangabeira, para reeducandos do regime semiaberto e familiares.

“Nosso objetivo é preparar os apenados e familiares para o mercado de trabalho, pois sabemos que a tecnologia exige habilidades básicas como a informática”, destaca o coordenador do Núcleo de Trabalho da Gerência de Ressocialização da Seap, Marconi Amorim.

O curso será ministrado pelo professor do Senac, Welligton Bezerra, durante 15 dias, sendo 4h diárias sobre o conteúdo de informática básica incluindo módulos do Windows, Word e Excel.

Desde o início da gestão, a Seap procura promover o debate entre reeducandos, familiares e funcionários para agilizar a ressocialização. “É importante que eles enxerguem o curso como uma oportunidade para o mercado de trabalho. Fazer com que ele se reintegre a sociedade, não volte para a criminalidade e se qualifique é nossa maior missão. Muitos já estão empregados, mas para outros ainda falta profissionalização”, relata o diretor do presídio, João Paulo.

Todos os participantes do curso terão direito a certificado reconhecido nacionalmente. Em 2011, foram qualificamos cerca de 700 apenados e a meta para 2012 é qualificar cerca de 800.

“Mais uma parceria foi firmada com o Sesc e, em breve, novos cursos serão lançados na parte cultural”, finaliza o coordenador do Núcleo de Trabalho da Seap, Marconi Amorim.