Fale Conosco

9 de maio de 2014

Reeducandas doam cabelos para pacientes com câncer do Hospital Napoleão Laureano



seap presidio feminino doacao de cabelo foto secom 16 270x202 - Reeducandas doam cabelos para pacientes com câncer do Hospital Napoleão LaureanoCerca de 20 reeducadas da Penitenciária de Recuperação Feminina Maria Júlia Maranhão, em João Pessoa, se engajaram na campanha ‘Fios de Alegria’. Na manhã desta sexta-feira (9), elas cortaram seus cabelos para a confecção de perucas destinadas a pacientes com câncer que passam pelo tratamento de quimioterapia no Hospital Napoleão Laureano. A iniciativa foi resultado de uma parceria entre a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), por meio de sua unidade prisional de Mangabeira, e os organizadores da campanha em João Pessoa (Rede Feminina de Combate ao Câncer e ONG Fios de Alegria).

tecnica de enfermagem doacao de cabelo fotosecom pb 34 270x202 - Reeducandas doam cabelos para pacientes com câncer do Hospital Napoleão LaureanoA diretora da Penitenciária de Recuperação Feminina Maria Júlia Maranhão, Cinthya Almeida, destacou a importância do engajamento das reeducandas em ações que também envolvem toda a sociedade. “Nós propusemos a participação na campanha e elas acataram com bastante alegria. Cada vez que uma mulher reclusa participa de uma atividade que outras mulheres livres também participam, como é o caso desta campanha, elas se sentem iguais e úteis. Ou seja, não se sentem discriminadas”, afirmou. “Eu fiquei surpresa porque até as funcionárias resolveram participar”, acrescentou.

seap presidio feminino doacao de cabelo foto secom pb 46 270x202 - Reeducandas doam cabelos para pacientes com câncer do Hospital Napoleão LaureanoPara a presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Moema Arnaud, a solidariedade das reeducandas é louvável. “A diretoria da penitenciária entrou em contato para fazer a parceria. Achei uma iniciativa super louvável, porque mesmo presas, no mundo delas, as reeducandas podem exercer o papel de cidadãs com solidariedade”, destacou.

seap presidio feminino doacao de cabelo foto secom pbl 9 270x202 - Reeducandas doam cabelos para pacientes com câncer do Hospital Napoleão LaureanoKely Maria da Silva, de 25 anos de idade, por exemplo, está cumprindo pena há dois anos e sete meses e agora aguarda o regime semiaberto. Ela foi uma das reeducandas que, além de doar parte dos cabelos, estimulou as amigas a fazer o mesmo. “Eu fui de cela em cela, incentivando as colegas, que concordaram em doar. Para mim, trata-se de uma boa ação, porque não sabemos do dia de amanhã. Hoje são outras pessoas que estão precisando, mas amanhã poderá ser eu, ou mesmo a minha família”, argumentou.