João Pessoa
Feed de Notícias

Reeducandas confeccionam bonecas e expõem na Brincarte até domingo

sexta-feira, 13 de outubro de 2017 - 17:47 - Fotos:  Daniel Medeiros

Um grupo de 10 reeducandas da Penitenciária de Reeducação Feminina “Maria Júlia Maranhão” participa até domingo (15) da 10ª edição da Feira de Brinquedo Popular (Brincarte), no Shopping Sul. O projeto “Castelo de Bonecas” é desenvolvido pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e o dinheiro arrecadado com a venda das bonecas é dividido 50% para as reeducandas e 50% para compra de material para produzir novas peças. A cada três dias trabalhados na oficina do projeto as reeducandas têm  um dia de remissão de pena.

A Feira de Brinquedo Popular (Brincarte) é promovida pelo Programa do Artesanato da Paraíba (PAP), vinculado à Secretaria de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico e o projeto “Castelo de Bonecas”, que existe desde 2014, está inserido na Brincarte. Até a tarde desta sexta-feira (13), haviam sido vendidas 23 bonecas feitas pelas reeducandas, somando R$ 785,00. As bonecas podem ser adquiridas aos preços de R$ 25,00  R$35,00 e R$ 45,00.

As atividades de artesanato existem no Sistema Penitenciário do Estado desde 2011 com a implantação do programa Cidadania é Liberdade e dentro dessas atividades está o projeto “Castelo de Bonecas”. “A atividade laboral do artesanato é extremamente salutar nas unidades prisionais tanto para ocupação do tempo das reeducandas, como para profissionalização das mesmas que acabam aprendendo a arte do artesanato no presídio e as levam para toda vida”, avalia a gerente de Ressocialização, Ziza Maia, da Secretaria de Administração Penitenciária.

Ziza acrescenta que as reeducandas têm se dedicado bastante, inclusive buscando aperfeiçoar as bonecas e criar novos modelos e até personagens. “Estamos buscando esforços e parceiros para ampliar não só este projeto, mas as diversas oficinas de artesanatos nas diversas unidades espalhadas no estado”, adiantou.

A diretora da Penitenciária Júlia Maranhão, Mirtes Daniele da Silva, informa que foram confeccionadas 200 bonecas em três semanas de trabalho. “Esse projeto, retomado em maio, tem proporcionado mudanças significativas na vida das reeducandas que participam dele”, comentou.

A 10ª edição da Feira de Brinquedo Popular (Brincarte) trabalha o universo infantil e é um evento já consolidado no calendário cultural do Estado.  Ganhou um reforço com a exposição de bonecas confeccionadas por reeducandas. O “Castelo de Bonecas” é resultado de um projeto de ressocialização desenvolvido pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) em parceria com o Poder Judiciário. As atividades do projeto podem ser conferidas nas redes sociais: Instagram: @castelodebonecasjuliamaranhão   e facebook: Prfm Júlia Maranhão SEAP-PB.

De acordo com o Programa do Artesanato da Paraíba (PAP), na 10ª Brincarte estão sendo comercializados brinquedos confeccionados por 91 artesãos, selecionados por meio de edital de chamamento público, além da participação das 10 reeducandas. As vendas gerais da Brincarte nesta sexta-feira à tarde somavam mais de R$ 14 mil com 1.068 brinquedos comercializados. Estão sendo comercializados piões, mamulengos, bonecos de pano e petecas, dentre outros brinquedos.

A gestora do PAP, Lu Maia, destaca que, além de gerar ocupação e renda, a Brincarte tem sido importante na divulgação e na preservação do artesanato paraibano. “Além de representar de forma muito genuína aquele universo infantil que continua firme, a Brincarte tem proporcionado ainda mais visibilidade aos nossos artesãos”, afirmou.

 

Serviço – 10ª Brincarte (de 6 a 15 de outubro)

Térreo do Shopping Sul, avenida Sérgio Guerra, 900 – Bancários

Horários de funcionamento:

- quinta a sábado: 10h às 22h

- domingos: 11h às 21h

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (83) 98843-3536.