João Pessoa
Feed de Notícias

Rede Nordeste de Biotecnologia abre inscrições para docentes

quinta-feira, 29 de abril de 2010 - 09:54 - Fotos: 
A Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO) abriu o período de credenciamento de novos docentes no corpo permanente do Programa de Doutorado em Biotecnologia.

Recentemente, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) foi credenciada como instituição colaboradora na rede que congrega mais de 200 docentes que atuam em universidades do Nordeste.  Para ser credenciado no programa de pós-graduação, o docente deve ter seu currículo na plataforma LATTES atualizado; três anos de Doutorado; ser oriundo da coordenação de projeto de pesquisa financiado por agência de fomento externa à instituição à qual está vinculado e ter produção regular nos últimos cinco anos com, pelo menos, três produções classificadas como B1 no sistema Qualis da CAPES. O formulário e orientações para credenciamento encontram-se no site da RENORBIO www.renorbio.org.br

A Biotecnologia refere-se a um conjunto amplo de tecnologias que envolve a utilização, alteração controlada e a otimização de organismos vivos ou suas partes, células e moléculas, para a geração de produtos, processos e serviços. Seus resultados são aplicáveis e utilizados por diversos setores, a exemplo de saúde, agroindústria e meio ambiente, e contemplam várias áreas do conhecimento, como biologia molecular, genética, fisiologia, farmacologia, veterinária, reprodução, microbiologia, química, engenharia de alimentos, entre outras.

Ainda permeia inúmeros segmentos industriais utilizando técnicas inovadoras e promovendo revoluções no tratamento de doenças, no uso de novos medicamentos para aplicação humana e animal, na multiplicação e reprodução de espécies vegetais e animais, no desenvolvimento e melhoria de alimentos, na utilização sustentável da biodiversidade, na recuperação e tratamento de resíduos, entre outras áreas com potencial crescente de aplicação.

          
O programa de doutorado da RENORBIO é um dos cinco existentes no Brasil no formato de rede de colaborações. A RENORBIO foi criada formalmente por uma portaria publicada pelo Ministério de Ciência e Tecnologia em 2004, recebendo recursos para sua estruturação. Desde 2006, são abertas cerca de 100 vagas para estudantes que queiram realizar o curso de doutorado em Biotecnologia, com diferentes áreas de atuação: agropecuária, recursos naturais, saúde e indústria.
            
Um dos principais objetivos para estabelecimento da Rede foi promover a articulação dos diversos setores da sociedade, ampliando a massa crítica de pesquisadores e provocando um efeito multiplicador na geração de emprego para profissionais altamente qualificados que permitam o aumento da qualidade e relevância da produção científica e tecnológica em áreas relacionadas à biotecnologia, bem como de sua transferência para a sociedade, com vistas à inovação e ao interesse social e econômico da região.

                                 Da Assessoria de Imprensa da UEPB