João Pessoa
Feed de Notícias

Rede Estadual de colegiados territoriais discute ações para agricultura familiar

sábado, 28 de fevereiro de 2015 - 11:07 - Fotos: 

Para implantar políticas públicas voltadas para as famílias rurais de forma integrada e com maior eficiência, a Rede Estadual de Colegiados Territoriais do Estado da Paraíba realizou nos dias 24 e 25 de fevereiro um encontro para debater políticas públicas voltadas para a agricultura familiar.

O encontro foi marcado com atividades e temas sobre a Contextualização da Estratégia de Desenvolvimento territorial a socialização e qualificação do Regimento Interno da Rede, estruturação da composição da Rede e discussão do Planejamento Estratégico da Rede Estadual de Colegiados e Fóruns Territoriais da Paraíba.

Os 15 territórios existentes no Estado estiveram presentes. Um dos objetivos foi debater com o governo as metas seguidas pela rede, além de promover um debate sobre a proposta de construção de políticas públicas da Agricultura Familiar e as estratégias para efetivação no âmbito dos colegiados territoriais e conselhos estaduais junto aos governos.

Participaram do encontro, conselheiros dos Conselhos Estaduais de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS) e representantes dos Colegiados Territoriais, de comunidades tradicionais e da sociedade civil.

Durante o evento, os secretários Rômulo Montenegro, da Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca; Lenildo Morais, da Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido, e o presidente da Gestão Unificada Emater, Emepa e Interpa, Nivaldo Magalhães, debateram temas propostos e responderam aos questionamentos feitos pelos representantes da Rede sobre a visão do Governo do Estado para desenvolver e executar políticas públicas voltadas à agricultura da Paraíba.

O secretário Rômulo Montenegro destacou a efetiva participação do governo junto às políticas públicas já desenvolvidas no Estado. Ele afirmou que as compras de produtos da agricultura familiar pelo Estado é fundamental, mas o agricultor precisa estar protegido para enfrentar o mercado aberto. “Esse desentrave é necessário e o Estado vai criar mecanismos que estabeleça essa política pública. É relevante que a gente fortaleça que somos importantes. Nós representamos 80% da população paraibana”, ressaltou.

Para Josias Ribeiro de Oliveira, presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável e representante da Coordenação Territorial da Mata Sul e a Rede de Colegiados estadual, o evento foi muito importante. “A participação de representantes do governo comprova a confiança das entidades públicas com os colegiados e a rede. Esse auxílio é fundamental para executar o nosso trabalho. Depois que ouvi os secretários, vou sair daqui confiante e sabendo que podermos contar com o auxílio técnico do governo”, finalizou.